Sábado, 23 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Cidades Investigado

Ex-prefeito de Campina Grande vira réu na Operação Calvário

A Justiça da Paraiba aceitou nesta terça-feira (6), a denúncia do Ministério Público contra o ex-gestor.

06/04/2021 09h54 Atualizada há 7 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Ex-prefeito de Campina Grande vira réu na Operação Calvário

O ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, passa a ser réu na Operação Calvário. A Justiça da Paraiba aceitou nesta terça-feira (6), a denúncia do Ministério Público contra o ex-gestor. 

De acordo com a denúncia, Romero teria recebido R$ 150 mil para a campanha de reeleição para a prefeitura em um acordo com o empresário da Cruz Vermelha, Daniel Gomes da Silva. Daniel é delator na operação e por essa contribuição, responde em liberdade. A quantia teria sido paga a Romero em 2012 e se ele fosse reeleito, a organização social Cruz Vermelha assumiria o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea) e o Hospital Municipal Pedro I. 

Os promotores que assinam a denúncia pedem que seja aplicada a perda de cargo, emprego, função pública ou mandato eletivo dos envolvidos como efeito da condenação. 

A Calvário começou em 2018 e investiga desvios de R$ 1,1 bilhão da Saúde do Estado, durante a gestão do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). Pela primeira vez alcança a gestão de Campina Grande, o que pode atrapalhar os planos de Romero, que pretende concorrer ao governo estadual em 2022. 

Os acusados tem um prazo de 10 dias para apresentar defesa. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias