Sábado, 23 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Brasil Caso Henry

Mãe do menino Henry foi ao salão de beleza um dia depois do enterro do filho

Na investigação foi visto que a babá de Henry avisou a Monique que a criança tinha marcas de chutes e socos desferidos pelo padrasto, o vereador Dr. Jairinho, mas não fez nada para afastar a criança do suspeito.

09/04/2021 07h39 Atualizada há 6 meses
Por: Redação Fonte: G1
Mãe do menino Henry foi ao salão de beleza um dia depois do enterro do filho

O delegado da 16ª DP, Henrique Damasceno, disse que Monique Medeiros, a mãe da criança Henry Borel, de 4 anos de idade, morto no dia 8 de março, foi a um salão de beleza um dia depois do enterro do filho.

A informação foi confirmada pelo delegado à frente do caso, que não entrou em mais detalhes.

Na investigação foi visto que a babá de Henry avisou a Monique que a criança tinha marcas de chutes e socos desferidos pelo padrasto, o vereador Dr. Jairinho, mas não fez nada para afastar a criança do suspeito.

“Não é isso o que eu percebi [ameaças de Jairinho à Monique]. Ela teve inúmeros momentos em que ela poderia falar conosco, o depoimento foi bastante longo. Ela se mostrou bastante à vontade em vários pontos dele. Se eu imaginasse qualquer possibilidade de coação [de Jairinho contra a mãe de Henry], eu jamais teria pedido a prisão dela”, disse o delegado Damasceno.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias