Sábado, 23 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Paraíba

Novo decreto libera atividades híbridas em escolas privadas, na Paraíba

O decreto tem validade de 19 de abril até o dia 02 de maio.

18/04/2021 07h08
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Novo decreto libera atividades híbridas em escolas privadas, na Paraíba

O Governo da Paraíba renovou neste sábado (17) o decreto que disciplina as atividades no estado e estabelece medidas de combate a pandemia do novo coronavírus. 

As atividades de escolas e instituições privadas dos ensinos infantil e fundamental da Paraíba estão liberadas para acontecer a partir da próxima segunda-feira (19) de maneira híbrida. Além disso, as escolas e instituições privadas dos ensinos infantil e fundamental poderão realizar atividades presenciais para os alunos com transtorno do espectro autista (TEA) e pessoas com deficiência. 

O documento permitiu ainda as aulas práticas para os alunos concluintes dos cursos superiores poderão ser realizadas presencialmente, observando todas as normas de distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização das mãos. 

Foi mantida a suspensão das aulas presenciais nas escolas das redes públicas estadual e municipais e escolas e instituições privadas dos ensinos superior e médio em todo território estadual. Além disso, fica permitido as aulas práticas para os alunos concluintes dos cursos superiores poderão ser realizadas presencialmente, observando todas as normas de distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização das mãos. 

O funcionamento dos bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência foi mantido, das 6h às 22h, com ocupação de 30% da capacidade do local, podendo chegar a 50% da capacidade com a utilização de áreas abertas, ficando vedada, antes e depois desse horário, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery ou para retirada de mercadorias pelos próprios clientes. Assim como as missas, cultos e cerimônias religiosas presenciais poderão ocorrer, com ocupação de 30% da capacidade do local, podendo chegar a 50% da capacidade com a utilização de áreas abertas. 

Os shoppings centers e centros comerciais deverão obedecer ao horário de funcionamento das 10h às 22h. As atividades da construção civil poderão ocorrer das 6h30 às 16h30. Os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio poderão funcionar até dez horas contínuas por dia, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor, sendo facultado aos gestores municipais o estabelecimento do horário de funcionamento dos segmentos para melhor atender à realidade local. Também caberá às prefeituras ampliar as áreas destinadas às feiras livres, possibilitando o maior distanciamento entre as bancas e ampliação dos corredores de circulação de pessoas. 

O decreto tem validade de 19 de abril até o dia 02 de maio. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias