Sábado, 23 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Paraíba

Foto de suspeito de matar jovem de 22 anos em João Pessoa é divulgada pela polícia

Quem tiver qualquer informação que possa levar ao paradeiro do suspeito deve entrar em contato com a Polícia Civil, através do disque-denúncia 197, ou pelo 190 da Polícia Militar. A denúncia é anônima.

27/04/2021 17h43 Atualizada há 6 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Foto de suspeito de matar jovem de 22 anos em João Pessoa é divulgada pela polícia

A Polícia Civil divulgou a foto do suspeito de ter matado a jovem Patrícia Roberta, de 22 anos, natural da cidade de Caruaru, Pernambuco.  

O corpo da jovem foi encontrado na tarde desta terça-feira (27), em uma mata por trás do condomínio Geisel Privê, no bairro Novo Geisel, em João Pessoa. 

Patrícia veio para a capital na última sexta-feira (23), dizendo aos pais que iria ficar no apartamento de um amigo. A jovem falou com a mãe pela última vez no domingo (25) por telefone, chorando e dizendo que havia sido trancada pelo rapaz dentro do apartamento, conforme apurou o Notícia Paraíba.

Os pais vieram para João Pessoa e prestaram uma queixa do desaparecimento da filha na Delegacia de Polícia Civil e após as buscas, a Polícia Militar localizou o corpo enrolado em um plástico com fitas adesivas e já em estado de decomposição. 

O principal suspeito de ter cometido o crime é Jonathan Henrique dos Santos, o rapaz que Patrícia veio encontrar em João Pessoa. 

Em um perfil nas redes sociais Jonathan se identifica como Nathaw Santt. O suspeito inclusive fez uma publicação no Facebook na tarde dessa segunda-feira (26), se pronunciando sobre o caso. "Postei que estava sem wpp, não desapareci. Soube esta manhã que Patrícia não havia retornado a Caruaru, entrei em contato e conversei com a mãe dela e segundo ela iram acionar a polícia e vir a João Pessoa, me coloquei a disposição para ajudar no que for necessário. Nunca pensei ter que fazer esse tipo de publicação no meu FB, aos amigos reocupados e os demais que estão a me condenar em comentários até então está é a conclusão de tudo.", escreveu. 

Jonathan segue foragido e quem tiver qualquer informação que possa levar ao paradeiro do suspeito deve entrar em contato com a Polícia Civil, através do disque-denúncia 197, ou pelo 190 da Polícia Militar. A denúncia é anônima. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias