Sexta, 03 de Dezembro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Caso Patrícia

Suspeito de matar Patrícia passa por audiência de custódia e após quarentena será levado para o presídio do Roger

A audiência de custódia ocorreu de forma virtual e ficou decidido após cumprir quarentena de 15 dias, Jonathan deverá ser transferido para o Presídio do Roger, em João Pessoa.

28/04/2021 15h21 Atualizada há 7 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Suspeito de matar Patrícia passa por audiência de custódia e após quarentena será levado para o presídio do Roger

O suspeito do assassinato da jovem pernambucana Patrícia Roberta, de 22 anos, encontrada morta em um matagal na tarde dessa terça-feira (27), em João Pessoa, passou por audiência de custódia na tarde desta quarta-feira (28). 

A prisão preventiva do suspeito foi convertida pela juíza Virgínia de Lima Fernandes, da Vara de Execuções de Penas Alternativas. Segundo a juíza, o crime chocou a comunidade e merece uma ação enérgica da justiça, conforme apurou o Notícia Paraíba.

A audiência ocorreu de forma virtual e ficou decidido que Jonathan cumprirá quarentena de 15 dias na carceragem da Central de Polícia e em seguida deverá ser transferido para o Presídio do Roger, em João Pessoa. 

Jonathan Henrique dos Santos, de 23 anos, foi preso pela Polícia Militar na noite dessa terça (27), na casa de um amigo no bairro de Mangabeira. Ele é apontado como o autor do crime da jovem Patrícia Roberta, que saiu de Caruaru com destino à João Pessoa na última sexta-feira (23), dizendo aos pais que ficaria na casa de um amigo. O último contato dos pais com a filha foi no último domingo (25), quando ela falou com a mãe chorando e dizendo que havia sido deixada trancada dentro do apartamento do rapaz. Os pais vieram à João Pessoa e prestaram uma queixa do desaparecimento da jovem na Delegacia de Polícia Civil da capital. Após seis horas de buscas, o corpo da vítima foi localizado em um matagal no bairro Novo Geisel. 

Notícia Paraíba

Leia também:

Corpo de jovem desaparecida é encontrado por trás de condomínio em João Pessoa

Suspeito de assassinar Patrícia Roberta é preso em João Pessoa

Patrícia Roberta pode ter sido morta por asfixia, investiga polícia

Suspeito de matar Patrícia se manteve em silêncio durante depoimento

Corpo de Patrícia só será liberado pelo IML de João Pessoa na próxima quinta-feira

Patrícia e Jonathan eram amigos de infância e se conheciam há mais de 10 anos

Suspeito de matar pernambucana tinha uma namorada que está grávida e se relacionava com travestis

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias