Domingo, 17 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Luto na imprensa

Políticos e entidades lamentam morte de jornalista paraibano vítima da Covid-19

Eduardo Carneiro tinha 52 anos e durante quase 30, atuou nos principais veículos de comunicação da capital.

02/05/2021 09h52 Atualizada há 6 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Políticos e entidades lamentam morte de jornalista paraibano vítima da Covid-19

Entidades e políticos lamentaram a morte do jornalista paraibano Eduardo Carneiro, de 52 anos, que faleceu nesse sábado (1) por complicações da Covid-19. 

Ao longo de quase 30 anos, Eduardo atuou como jornalista nos principais veículos de comunicação da Paraíba, como jornais O Norte, Correio da Paraíba e A União, Rede Correio Sat e Cabo Branco FM. 

Eduardo também foi secretário de Comunicação da Prefeitura de João Pessoa na gestão de Luciano Cartaxo e atualmente, ocupava o cargo de assessor de comunicação na Câmara Municipal de João Pessoa. 

O prefeito Cícero Lucena manifestou o pesar pela morte do jornalista, empresário e ex-secretário executivo de Comunicação da Prefeitura da capital. “Dudu é mais um que nos deixa entre tantas vítimas da Covid-19. Minha solidariedade a todos os seus amigos e familiares, neste momento de dor”, declarou através de suas redes sociais. 

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, emitiu uma nota lamentando a morte do jornalista.  

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) decretou luto oficial de três dias pela morte do diretor adjunto de Comunicação da Casa. 

Em nota, a Associação Paraibana de Imprensa (API) também lamentou a morte do profissional e se solidarizou com os familiares. 

O corpo do jornalista será velado neste domingo (2), das 10h às 14h, no crematório Caminho da Paz em Cabedelo. 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias