Sexta, 28 de Janeiro de 2022
83 9 9869-1587
Geral Volta ao normal

Vacinados nos Estados Unidos não precisam mais usar máscaras

Reuniões sem distanciamento social foram permitidas entre os imunizados; autoridades podem revisar

13/05/2021 19h47 Atualizada há 8 meses
Por: Redação Fonte: R7
Vacinados nos Estados Unidos não precisam mais usar máscaras

Os americanos totalmente vacinados — aqueles que receberam as duas doses do imunizante — contra a covid-19 não precisarão mais usar máscaras ao ar livre ou em locais fechados, anunciou nesta quinta-feira (13) o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), antecipando que podem modificar suas recomendações se necessário. A decisão já está valendo.

"Todos os que estiverem completamente vacinados podem participar de atividades em ambientes fechados e abertos, pequenas ou grandes, sem usar máscara ou [respeitar] distanciamento social", declarou nesta quinta Rochelle Walensky, diretora do CDC, principal agência federal de saúde pública do país.

A decisão do órgão diz também que há algumas exceções e que será necessário o uso de máscaras em ônibus, trens, aviões, hospitais e em outros locais públicos que peçam a utilização da proteção, como aeroportos e estações de ônibus.

Walensky diz ainda que é seguro, para os totalmente imunizados, participar de atividades ao ar livre, mas que, em eventos com grandes aglomerações, estádios e reuniões com muitas pessoas em locais fechados, é recomendado o uso da máscara.

Atualmente há, nos EUA, cerca de 117 milhões de pessoas já vacinadas e os casos de contaminação caíram cerca de 1/3 no país nas últimas duas semanas. O governo norte-americano continua com uma campanha agressiva de vacinação e já começa a imunizar pessoas na faixa dos 12 aos 15 anos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias