Terça, 07 de Dezembro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia 11ª e 12ª fases

Edvaldo Rosas, Coriolano Coutinho e empresário de Campina Grande são presos em novas fases da Operação Calvário

Coriolano Coutinho já se encontrava preso por descumprimento de medida​ cautelar.

04/02/2021 08h19 Atualizada há 10 meses
Por: Redação
Edvaldo Rosas, Coriolano Coutinho e empresário de Campina Grande são presos em novas fases da Operação Calvário

O ex-presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, o irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, e o empresário Pietro Harley foram presos durante as novas fases da Operação Calvário, deflagrada nesta quinta-feira (04), na Paraíba. 

Coriolano Coutinho já se encontrava preso por descumprimento de medida cautelar.

Os presos já foram conduzidos para sede da Polícia Federal.

A operação cumpre três mandados de prisão e 26 mandados de busca e apreensão por fraudes estimadas em mais de R$ 2 bilhões na educação.

A operação foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (GAECO/MPPB), em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU), os Grupos de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público Federal (GAECO/MPF), do Distrito Federal (GAECO/DF), de Santa Catarina (GAECO/SC) e de São Paulo (GAECO/SP), o Tribunal de Contas da Paraíba (TCE/PB), a Secretaria de Estado da Fazenda da Paraíba (SEFAZ/PB), e as Polícias Civil e Militar da Paraíba.

O objetivo da operação é dar continuidade às investigações inerentes à atuação de organização criminosa por meio da contratação fraudulenta de empresas, tendo como objeto o fornecimento de material didático (livros).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias