Sábado, 23 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Novo decreto

Decreto com medidas restritivas será publicado ainda nesta quarta e alguns segmentos devem ser paralisados, na Paraíba

O documento deverá conter medidas restritivas severas, tendo em vista o aumento considerável no número de casos de Covid-19 e internações devido a doença nas últimas semanas.

02/06/2021 06h39 Atualizada há 5 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Decreto com medidas restritivas será publicado ainda nesta quarta e alguns segmentos devem ser paralisados, na Paraíba

O Governo da Paraíba vai publicar ainda nesta quarta-feira (2), um novo decreto com medidas restritivas para combater o avanço da pandemia do novo coronavírus.

O documento deverá conter medidas restritivas severas, como alterações no horário de funcionamento de alguns setores da economia, tendo em vista o aumento considerável no número de casos de Covid-19 e internações devido a doença nas últimas semanas.

O governador João Azevêdo (Cidadania) descartou a possibilidade de flexibilização no novo decreto e disse que a situação que o estado se encontra é bastante preocupante. Ele destacou o aumento na taxa de ocupação de leitos destinados ao tratamento da Covid, que está acima de 80% em todo o estado.

A  26ª avaliação do Plano Novo Normal divulgada no último sábado (29), apontou que 95% das cidades paraibanas, 211 municípios, foram classificados na bandeira laranja, ou seja, só poderão funcionar as atividades essenciais. E 12 municípios estão classificados na bandeira vermelha, podendo ter restrição total e só deverão funcionar apenas os serviços essenciais com restrição de circulação, a exemplo de supermercados e farmácias, conforme apurou o Notícia Paraíba.

A média diária de pessoas internadas em hospitais de referência para tratamento da doença é em torno de 90 pacientes. Ao todo, 1.019 pessoas estão internados nas unidades de referência da Paraíba se tratando da Covid.

O decreto vigente que foi publicado no dia 19 de maio tem validade até a esta quarta-feira, 2 de junho.

Leia também:

Com mais 31 mortes, Paraíba ultrapassa 7.700 óbitos por Covid-19

MP recomenda proibição de fogueiras e queima de fogos em 12 cidades da Paraíba

Mais uma cidade da Paraíba decreta lockdown para controlar avanço da Covid

Mestre de obras morre eletrocutado durante serviço de pintura em cobertura de residência, na Paraíba

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias