Sábado, 22 de Janeiro de 2022
83 9 9869-1587
Geral Coronavírus

Jovens e adultos são maioria dos pacientes internados em leitos Covid-19 em hospital de João Pessoa

Das 66 pessoas que foram internadas durante o mês de maio, 42 eram jovens e adultos com até 59 anos.

03/06/2021 15h55
Por: Redação Fonte: Secom
Jovens e adultos são maioria dos pacientes internados em leitos Covid-19 em hospital de João Pessoa

Apenas no mês de maio, das 66 pessoas que foram internadas no Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga (CHCF), 42 delas tinham até 59 anos. Com o avanço das vacinações na população acima de 60 anos, o vírus passa a atingir com mais gravidade os pacientes mais jovens.  De acordo com os dados do Núcleo Interno de Regulação, de janeiro a maio de 2021, foram realizados 313 atendimentos

A diretora técnica do CHCF, Joana D’Arc Frade, chama atenção para esta mudança no comportamento do vírus, que vem contaminando pessoas mais jovens: “Após a vacinação, os idosos não têm agravamento do quadro e consequentemente não precisam de internação. O que observamos no Clementino Fraga no mês de maio, é que a população com menos de 59 anos representa um percentual de 65% nas internações. Este grupo populacional sai mais de casa, aglomera mais, acreditando que não terá complicações, mas não é verdade. Ainda que jovens, o estado de saúde pode agravar sim, chegando até mesmo ao óbito”, afirmou a médica infectologista. 

O Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga (CHCF), devido a sua natureza, foi o primeiro hospital da Paraíba a se preparar para receber pacientes diagnosticados com coronavírus, ainda no começo de 2020. Para o tratamento da Covid-19, o atendimento começou com 5 leitos de UTI, foi sendo ampliado e hoje funcionam 24 leitos de terapia intensiva. Já de enfermaria são 18 leitos. Devido o novo aumento de transmissão, e a possibilidade de uma terceira onda, em breve mais leitos devem ser abertos. 

O atendimento ambulatorial de Covid-19 do CHCF é direcionado a quem já é paciente em tratamento das patologias desta unidade, e para funcionários ativos do complexo.  O protocolo começa ainda na recepção, pacientes sintomáticos são encaminhados para a triagem e atendidos por profissionais da enfermagem. 

Na triagem é feita a testagem rápida; aferição de temperatura; o direcionamento para a consulta médica; exames de comprovação e, caso necessário, a internação, seja na UTI ou enfermaria.

Dados do Núcleo Interno de Regulação (NIR) registraram de janeiro a maio de 2021, 313 atendimentos; 192 altas, 73 óbitos, 13 transferências e 12 evasões. De março a dezembro de 2020, foram realizados 728 atendimentos, 392 altas, 238 óbitos, 50 transferências e 35 evasões.

Leia também:

Mulher é forçada a beber água sanitária, morta a pauladas e enterrada em formigueiro por dívida de drogas, na Paraíba

Jovens são presos suspeitos de utilizar documentos de policial federal para fazer compras e empréstimos, na Paraíba

Fiscalização no Edson Ramalho constata superlotação de 300% com pacientes sendo atendidos no corredor, em cadeiras e macas

Idosa é vítima de sequestro relâmpago e é obrigada a sacar R$ 18 mil para estelionatário, na Paraíba

Igreja terá que comprar R$ 19 mil em equipamentos para hospital após promover aglomeração durante culto, na Paraíba

Toque de recolher é decretado e comércio será fechado nos finais de semana em João Pessoa

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias