Terça, 07 de Dezembro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Vítimas da Covid

Covid mata prefeito, secretário de saúde e repórter em 24 horas na Paraíba

De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 1.032 pacientes com Covid-19 estão internados nas unidades de referência na Paraíba

06/06/2021 12h34 Atualizada há 6 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Covid mata prefeito, secretário de saúde e repórter em 24 horas na Paraíba

O novo coronavírus vem fazendo cada vez mais vítimas em todo o Brasil e na Paraíba não tem sido diferente.

Somente nas últimas 24 horas, a Paraíba registrou mais 29 mortes em decorrência da doença e 1.992 novos casos da doença. Os dados são referentes ao boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Em um intervalo de 24 horas, a Covid matou um prefeito, um secretário de saúde e um repórter da Paraíba.

O radialista Fábio Diniz morreu de Covid-19, aos 44 anos, na última sexta-feira (4), na cidade de Patos, Sertão da Paraíba. O comunicador foi diagnosticado com a doença e precisou ser  internado no Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos, no Sertão da Paraíba. Fábio sofreu duas paradas cardíacas. Ele foi reanimado após a primeira. Mas não resistiu na segunda vez e acabou morrendo.

Fábio atuou em várias emissoras da cidade, como Rádio Itatiunga, Arapuan e integrou a equipe do Caso de Polícia Interior, da TV Tambaú. Fábio era conhecido como o repórter “Metralhadora da Notícia”, devido às suas coberturas policias no sertão paraibano.

No mesmo dia, Eisenhower Alves de Brito Segundo, secretário de Saúde da cidade de Patos, também faleceu por complicações causadas pela Covid-19. Segundo estava internado no Hospital de Clínicas, em Campina Grande, desde o último domingo (31), se tratando da doença. Devido a gravidade do quadro, ele chegou a ser levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde chegou a ser intubado, mas também não resistiu e faleceu.

Segundo Brito foi eleito vereador de Patos nas Eleições 2020, pelo Republicanos. Foi o terceiro vereador mais votado, com 1.190 votos, e se licenciou do mandato para ocupar o cargo de secretário na prefeitura do município. Ele já havia ocupado cargos como secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da prefeitura de Patos.

Na manhã do último sábado, o prefeito do município de Riacho de Santo Antônio, Cariri paraibano, Gilson Lima, também morreu por complicações da doença. O gestor estava internado no Hospital Pedro I, em Campina Grande, em tratamento contra a Covid, mas faleceu.

Gilson Lima era casado e tinha 46 anos de idade. Ele foi eleito prefeito de Riacho de Santo Antônio nas Eleições 2020, com 56,67% dos votos. Foram 1.169 votos no total.

De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 1.032 pacientes com Covid-19 estão internados nas unidades de referência. Somente na últimas 24 horas, 89 pessoas diagnosticadas com a doença precisaram ser internadas em unidades do estado, conforme apurou o Notícia Paraíba.

Ainda segundo a SES, a Paraíba totaliza 7.820 mortes por complicações da Covid e 342.192 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios do estado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias