Quinta, 23 de Setembro de 2021
83 9 9869-1587
Anúncio
Polícia Paraíba

Crianças de 6 e 2 anos ficam feridas após serem atingidas por bala perdida enquanto aguardavam lanche, na Paraíba

O quadro de saúde da criança de 2 anos é regular. Já o menino de 6 anos está em estado grave.

08/06/2021 17h40 Atualizada há 4 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Crianças de 6 e 2 anos ficam feridas após serem atingidas por bala perdida enquanto aguardavam lanche, na Paraíba

Duas crianças ficaram feridas a tiros após serem atingidas por bala perdida na tarde desta terça-feira (8), no centro comercial de João Pessoa.

Segundo a Polícia Militar, dois suspeitos chegaram a pé em uma barraca de lanches e efetuaram vários disparos contra o proprietário. O comerciante Edson Batista, de 42 anos, não resistiu e morreu no local.

Uma mulher estava no local aguardando um lanche com duas crianças. Uma menina de 2 anos que estava no colo da mãe e um menino de 6 anos que estava sentado em um banco. Os dois acabaram sendo atingidos pelos tiros.

As vítimas foram socorridas por terceiros para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. O quadro de saúde da criança de 2 anos é regular. Já o menino de 6 anos está em estado grave, conforme apurou o Notícia Paraíba.

A PM ainda não tem informações sobre autoria e motivação do crime e está em diligências na tentativa de localizar os suspeitos.

Leia também:

Jovem de 21 anos morre após colidir moto em carro e ser arremessado, na Paraíba

Comerciante é assassinado a tiros e criança de 9 anos fica ferida por bala perdida no centro comercial de João Pessoa

Suspeito de matar ex-companheira a tiros por não aceitar fim do relacionamento é preso na Paraíba

Ciclista fica ferido após ser atropelado por motorista que não presta socorro à vítima, na Paraíba

Adolescente de 16 anos com Covid é extubada e vídeo causa emoção em equipe médica, na Paraíba

Bandidos invadem casa, fazem família refém e só libertam vítimas após uma hora de negociação, na Paraíba

Ex-marido mata mulher a facadas e filhos também são esfaqueados ao tentar defender a mãe, na Paraíba

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias