Terça, 22 de Junho de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Paraíba

Motorista de aplicativo é mantido refém e amarrado em porta-malas de carro, na Paraíba

Com a ajuda de outros dois homens, a vítima foi amarrada, colocada dentro do porta-malas do carro e os suspeitos dirigiram por cerca de quase 2 horas.

10/06/2021 07h24 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Motorista de aplicativo é mantido refém e amarrado em porta-malas de carro, na Paraíba

Um motorista de aplicativo foi vítima de sequestro por três pessoas na madrugada desta quinta-feira (10), na cidade de João Pessoa.

Segundo a Polícia Militar, a vítima informou que começou a trabalhar por volta das 4h e recebeu o primeiro chamado. Uma mulher identificada como que estaria no Alto do Mateus e tinha como destino a Ceasa.

Ao chegar no local, um rapaz estava esperando e entrou o carro. Poucos minutos do percurso, ele apontou uma arma para o motorista e mandou parar o carro.

Com a ajuda de outros dois homens, a vítima foi amarrada, colocada dentro do porta-malas do carro e os suspeitos dirigiram por cerca de quase 2 horas.

A vítima foi abandonada no bairro do Grotão e conseguiu acionar a PM. O veículo foi encontrado na Ilha do Bispo.

Os assaltantes levaram o celular da vítima e a carteira da vítima com documentos e dinheiro.

Os suspeitos fugiram e ainda não foram localizados.

Leia também:

Homem é preso suspeito de estuprar filhas por vários anos, tem um filho com uma delas e a outra está grávida do pai, na Paraíba

Mulher morta a tiros tinha medida protetiva contra ex-marido e havia procurado polícia várias vezes para registrar ameaças

"Ele me ligava todos os dias e dizia: mãinha, como eu te amo", desabafa mãe de jovem que morreu atropelado por motorista embriagado

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias