Terça, 22 de Junho de 2021
83 9 9869-1587
Geral Coronavírus

Covid mata mais 55 paraibanos e 2.451 novos casos da doença são confirmados

23 das vítimas não tinham comorbidades.

11/06/2021 15h55 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Covid mata mais 55 paraibanos e 2.451 novos casos da doença são confirmados

A Paraíba registrou mais 55 mortes por complicações do novo coronavírus e 2.451 novos casos da doença, segundo dados do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (SES), nesta sexta-feira (11).

Morreram nas últimas 24 horas 14 pessoas, as demais mortes foram registradas entre os dias 07 de março e 11 de junho de 2021.

As vítimas foram 30 homens e 25 mulheres, com idades entre 30 e 95 anos. Cardiopatia foi a comorbidade mais frequente e 23 não tinham comorbidades.

João Pessoa, Campina Grande, Patos, Guarabira e Cabedelo são os cinco municípios com o maior índice de infecção.

O boletim registra ainda um total de 235.778 pacientes recuperados da doença.

Agora, a Paraíba contabiliza 8.058 mortes por complicações do novo coronavírus e 354.715 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios do estado.

 

Leia também:

Polícia Civil abre inscrições para concurso com 1.500 vagas e salário inicial de R$ 3.732 no Ceará

Tio é assassinado a tiros na frente do sobrinho durante assalto na Paraíba

Marido da diretora do Hospital Santa Isabel morre de Covid duas semanas depois de perder a mulher para a doença

Primeira parcela do 13º salário de todos servidores da Paraíba será paga nesta sexta

Mais de 300 pessoas já morreram em Santa Rita por complicações da Covid desde o início da pandemia

Paraíba deve abrir concursos para Polícia Militar e Corpo de Bombeiros com 1,4 mil vagas

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias