21°C 26°C
João Pessoa, PB
Publicidade

Empresas criam manual para reconstrução de prédios no RS

Iniciativa tem como finalidade orientar os síndicos para a retomada da habitabilidade em milhares de condomínios atingidos no estado gaúcho

28/05/2024 às 12h25
Por: Redação Fonte: Agência Dino
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Doze empresas do setor imobiliário se juntaram em um pool e criaram um manual destinado aos síndicos do Rio Grande do Sul para orientá-los como agir diante das fortes cheias que atingiram diversas cidades do estado nas últimas semanas.

As maiores administradoras de condomínios do país se uniram e, com o apoio de outros players do setor, formaram um grupo que articula, debate, organiza e procura caminhos para a retomada da habitabilidade da forma mais segura, rápida e simples.

A primeira iniciativa é o Manual Colaborativo para reconstrução dos condomínios, concebido pelo Portal SíndicoNet, parceiro estratégico do grupo, e lançado oficialmente nesta terça-feira, 28 de maio. A ideia é que este manual gratuito esteja disponível para todos que procuram informação técnica e de qualidade, no sul ou em qualquer outro local onde estas orientações contribuam para uma retomada segura.

Participam deste grupo Lello Condomínios, Hubert, Gestart, Auxiliadora Predial, Guarida, Crédito Real, APSA, Pacto Administradora, VIP Inspeções Prediais e TK Elevadores, além do SíndicoNet.

Os municípios do Rio Grande do Sul calculam que mais de 2 milhões de pessoas foram afetadas com as enchentes, além dos quase 100 mil imóveis destruídos ou danificados, pelo que está sendo considerada a pior tragédia climática do estado.

No setor condominial, os danos em áreas comuns e imóveis localizados nos pavimentos mais baixos preocupam os síndicos da região. Questões estruturais, técnicas e sanitárias tornam-se desafios para a retomada da habitabilidade. Num cenário onde toda cadeia foi comprometida em diferentes graus, a retomada envolve fatores financeiros, mas também questões relacionadas à informação, orientação e espírito comunitário.

“Formar este grupo que reúne grandes empresas do mercado imobiliário é uma iniciativa que procura aliar conhecimento técnico e capacidade de mobilização. Cuidando prioritariamente das pessoas que vivem e trabalham nos condomínios,” afirma Angélica Arbex, diretora de Marketing e Relacionamento com o Cliente da Lello Condomínios.

O Manual do Síndico - Enchentes RS foi dividido em três fases: atual (emergencial), retomada (quando a água baixar) e prevenção. Em cada uma dessas etapas são destacados o que o grupo gestor precisa fazer para garantir a segurança e vida dos moradores e funcionários, bem como preservar o patrimônio.

Na primeira fase, o manual orienta sobre procedimentos para evacuação, riscos à saúde, cuidados elétricos, apoio a funcionários, roubos, mobilização de moradores e seguro do condomínio. Já na segunda fase, são abordadas questões relacionadas à limpeza, inspeção predial e saúde financeira do condomínio.

Segundo Marjorie Albuquerque, diretora do Portal SindicoNet, nesse momento tão difícil é complexo entender e priorizar as atividades na recuperação do condomínio. Com a expertise e know-how de cada empresa e especialistas, o "Manual do Síndico - Enchentes RS" como objetivo dar uma orientação assertiva para os gestores. Sabemos que há muito o que se fazer ainda, por isso, este material é um guia vivo, que será continuamente atualizado para refletir as melhores práticas e atender as necessidades de ++cada momento.

Para mais informações, basta acessar o MANUAL DO SÍNDICO - Enchentes RS: https://sindiconet-files.s3.amazonaws.com/Documentos/ebook-rs-final.pdf

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias