Sábado, 23 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Ritmo lento

Brasil salvaria 20 mil vidas por mês se acelerasse vacinação, diz estudo

O estudo aponta que 60 mil mortes poderiam ter sido evitadas nos últimos três meses caso o ritmo de vacinação fosse mais acelerado.

14/06/2021 11h50
Por: Redação Fonte: G1
Brasil salvaria 20 mil vidas por mês se acelerasse vacinação, diz estudo

Um estudo da Universidade de São Paulo e da Universidade Estadual Paulista mostra que se o Brasil ampliasse para dois milhões de doses de vacinas aplicadas por dia, 20 mil vidas seriam salvas todo mês.

O estudo aponta que 60 mil mortes poderiam ter sido evitadas nos últimos três meses caso o ritmo de vacinação fosse mais acelerado.

Os pesquisadores fizeram uma projeção entre abril e junho, a partir de dados reais de vacinação do Brasil no primeiro trimestre do ano. De acordo com o estudo, caso o Programa Nacional de Imunização (PNI) ampliasse para dois milhões de doses aplicadas por dia, 20 mil vidas seriam salvas por mês.

"Se nós conseguirmos aplicar, tivermos a possibilidade de aplicar até dois milhões de doses por dia até o final de agosto, nós poderemos evitar 30 mil óbitos no Brasil, né? Ou o equivalente a 10 mil óbitos por mês. Isso porque por conta da gente estar caminhando, está aumentando a nossa capacidade de vacinação, embora ainda muito lento, moroso o processo, mas nós podemos ainda salvar 30 mil óbitos", diz Wallace Casaca, cientista de dados e matemático da Usp/Unesp.

O ritmo de vacinação contra a Covid-19 deve ficar mais acelerado depois do anúncio do governo do estado de São Paulo que antecipou em 30 dias o calendário de vacinação. O plano é aplicar a primeira dose em toda a população adulta até 15 de setembro. A previsão é vacinar 7,5 milhões de pessoas.

"O avanço é planejado com base em remessas de vacinas previstas pelo Programa Nacional de Imunização", explica Nora Regiane de Paula, coordenadora do Programa Estadual de Imunização.

Pelo menos nove estados anteciparam as datas de vacinação contra a Covid-19. Além de São Paulo, Pará, Rio Grande do Sul e em Goiás, a vacinação das pessoas acima dos 18 anos com a primeira dose deve ser concluída em setembro.

No Ceará, a previsão é vacinar todos os adultos até 31 de agosto. No Rio de Janeiro, Espírito Santo, Alagoas e Santa Catarina - até o fim de outubro.

Para os especialistas, a maneira mais rápida de superar a crise sanitária do coronavírus é com a vacinação em massa e seguindo os protocolos.

Segundo José Cássio de Moraes, especialista em imunização e membro do Observatório Covid-19, o sucesso da vacinação depende de dois fatores. "Que as entregas de vacinação sejam feitas com regularidade, não haja falha, e o segundo ponto, que é um ponto que depende da população, que é tomar a segunda dose da vacina", explica.

Leia também:

Corpo encontrado com tiros na cabeça é do suspeito de invadir ambulância do SAMU e esfaquear motorista, na Paraíba

Seis prefeitos paraibanos já morreram vítimas da Covid desde o início da pandemia e Famup cobra vacinação para gestores

Mulher é ameaçada e agredida com coronhadas pelo ex-companheiro que não aceita o fim do relacionamento, na Paraíba

Motorista é preso com carga de cigarros contrabandeada avaliada em R$ 2 milhões  na Paraíba

Adolescente de 16 anos é morta a tiros dentro de casa e ex-companheiro é o principal suspeito do crime, na Paraíba

Marido espanca mulher e a joga de carro em movimento após crise de ciúmes, na Paraíba

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias