Sábado, 16 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Paraíba

Jovem confessa que matou namorado com mais de 20 facadas porque descobriu que estava sendo traído, na Paraíba

As câmeras de segurança do prédio onde a vítima morava registraram a entrada e saída do suspeito no dia do crime.

14/06/2021 17h49 Atualizada há 4 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Jovem confessa que matou namorado com mais de 20 facadas porque descobriu que estava sendo traído, na Paraíba

O jovem apontado como principal suspeito de ter matado João Victor Almeida, de 23 anos, se apresentou na Delegacia de Polícia nesta segunda-feira (14), em Campina Grande.

Joan Edgley confessou o crime e disse que matou João Victor porque havia descoberto uma traição do rapaz.

De acordo com o delegado de polícia civil, Francisco de Assis da Silva, em depoimento Edgley disse que após uma briga do casal, ele pegou o celular do namorado e viu várias mensagens que João Victor teria mandado para outro homem.

O suspeito confessou que pegou uma faca e assassinou o jovem, mas falou que não lembra quantas facadas deu na vítima.

O crime ocorreu no dia 6 de junho. Vizinhos acionaram a Polícia Militar quando escutaram barulhos e gritos vindos do apartamento da vítima. Quando os policiais chegaram encontraram João Victor morto com mais de 20 golpes de faca, conforme apurou o Notícia Paraíba.

Testemunhas relataram que o relacionamento dos dois era bastante conturbado e cheio de brigas.

As câmeras de segurança do prédio onde a vítima morava registraram a entrada e saída do suspeito no dia do crime.

Joan Edgley passará por audiência de custódia nesta terça-feira (15). Ele está detido no presídio Serrotão, em Campina Grande. 

Leia também:

Vídeo flagra mulher sendo ameaçada e agredida por ex-marido com revólver, na Paraíba

Corpo encontrado com tiros na cabeça é do suspeito de invadir ambulância do SAMU e esfaquear motorista, na Paraíba

Seis prefeitos paraibanos já morreram vítimas da Covid desde o início da pandemia e Famup cobra vacinação para gestores

Mulher é ameaçada e agredida com coronhadas pelo ex-companheiro que não aceita o fim do relacionamento, na Paraíba

Adolescente de 16 anos é morta a tiros dentro de casa e ex-companheiro é o principal suspeito do crime, na Paraíba

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias