21°C 26°C
João Pessoa, PB
Publicidade

Vice-governador participa dos festejos juninos do Centro de Atendimento ao Autista de Campina Grande

O vice-governador Lucas Ribeiro participou, nessa quinta-feira (13), do 2º Arraiá Junino do Centro de Atendimento ao Autista (CAA) de Campina Grand...

14/06/2024 às 12h31
Por: Redação Fonte: Secom Paraíba
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba

O vice-governador Lucas Ribeiro participou, nessa quinta-feira (13), do 2º Arraiá Junino do Centro de Atendimento ao Autista (CAA) de Campina Grande. O equipamento do Governo do Estado atende crianças e jovens com Transtorno do Espectro Autista (TEA). O evento foi realizado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh) e a Associação Campinense de Pais de Autistas, no Sítio São João, e reuniu usuários e familiares atendidos pelo Centro.

O vice-governador Lucas Ribeiro parabenizou o trabalho desenvolvido pela equipe e falou sobre a importância dos Centros. “Em primeiro lugar, agradecemos pela dedicação e excelente trabalho desenvolvido pelo CAA. O Governo do Estado tem avançado com a expansão desses Centros que são tão importantes e fazem a diferença na qualidade de vida do usuário e da família”.

A coordenadora estadual de Política Pública para a Pessoa com Deficiência da Sedh, Emília de Oliveira, destacou que as ações de integração dão sentido ao trabalho. “Parabenizamos toda a equipe pela sensibilidade e compromisso. Ver a promoção do lazer a da cultura ofertados para o segmento, com os usuários acompanhando e participando, é o desenvolvimento humano acontecendo”.

A coordenadora do Centro de Atendimento ao Autista de Campina Grande, Roberta Figueiredo, agradeceu o apoio e a participação dos pais. “Estamos aqui para nos confraternizar e aproveitar este momento de diversão. Agradeço a cada mãe e pai que trouxe seu filho para brincar, dançar e se integrar com o grupo num ambiente festivo”.

Emocionada, a dona de casa Tatiana Dias falou sobre sua experiência com o filho Arthur, 20 anos, atendido no CAA. “Todos nós sabemos da nossa força de vontade, é preciso aceitação para a evolução. Hoje meu filho tem 20 anos e vai prestar Enem para Educação Física”, comemorou.

O CAA-CG atende cerca de 300 crianças e adolescentes com TEA com porta de entrada no Núcleo de Apoio e Diagnóstico à Pessoa com Deficiência (NADPA), da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), que funciona no Hospital de Trauma de Campina Grande.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias