Quinta, 23 de Setembro de 2021
83 9 9869-1587
Anúncio
Brasil Caso Lázaro

'Não tivemos outra alternativa', diz secretário sobre morte de Lázaro

Corpo do homem chegou a hospital com perfurações causadas pelos disparos no peito e no rosto.

28/06/2021 13h08 Atualizada há 3 meses
Por: Redação Fonte: R7
'Não tivemos outra alternativa', diz secretário sobre morte de Lázaro

O secretário de segurança pública de Goiás, Rodney Miranda, afirmou em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (28) que os policiais não tiveram outra opção além de disparar durante a troca de tiros com Lázaro Barbosa, cuja morte foi confirmada ainda pela manhã.

“Desde cedo ele tentou fugir ao cerco [policial]. Foi um trabalho coletivo. Ele descarregou contra os policiais e não tivemos outra alternativa senão revidar”, afirmou Miranda, que comemorou o fato de nenhum agente sair ferido do confronto com o homem de 32 anos. “Hoje encerramos mais uma etapa, uma etapa importantíssima”, prosseguiu.

Segundo a polícia goiana, ele foi levado com vida ao Hospital Municipal Bom Jesus, em Águas Lindas (GO), mas não teria resistido aos ferimentos e faleceu.

Imagens obtidas pela reportagem mostram perfurações pelos disparos em diversas partes do corpo do homem, como na cintura, na barriga e no peito. Ele também foi alvejado no rosto. Foram aproximadamente 20 tiros contra o homem, 

Após a confirmação da morte, o corpo de Lázaro foi levado para a sede do IML (Instituto Médico Legal) de Luziânia (GO), onde será periciado. 

Lázaro é apontado como responsável pela morte de quatro pessoas da mesma família em Ceilândia, na região administrativa do Distrito Federal. A busca pelo acusado mobilizou centenas de policiais lotados no Distrito Federal e em Goiás.

Investigações continuam

Segundo Rodney Miranda, a Polícia Civil de Goiás seguirá com as investigações após o óbito de Lázaro Barbosa.

Isto porque, segundo ele, cerca de R$ 4 mil foram encontrados no bolso do homem, o que indicaria a colaboração de mais pessoas em sua fuga.

 “Ele estava trocando de roupa, isso é mais uma prova de que ele estava sendo acobertado”, disse em coletiva de imprensa, que concluiu: “As ações continuam até o ultimo envolvido neste crime”.

Leia também:

Fugitivo do PB1 morava em condomínio de luxo em São Paulo, tinha dólares e carros importados

Adolescente é atingindo com 7 facadas após tentar impedir que mãe seja morta por ex-namorado, na Paraíba

Bebê de 1 ano morre atropelado por caminhão, na Paraíba

Pai tentar salvar filhas e morre afogado em praia na Paraíba

Duas jovens morrem vítimas da Covid após dar à luz em maternidade da Paraíba

Jovem com quase 300 quilos e sintomas de Covid é socorrido com dificuldades por equipes do SAMU para hospital na Paraíba

Jovem de 27 anos morre após ser picada por marimbondo na Paraíba

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias