Quinta, 16 de Setembro de 2021
83 9 9869-1587
Brasil Caso Lázaro

Policiais dizem ter atirado 125 vezes em ação que matou Lázaro

De acordo com relato da Polícia Militar, os tiros foram efetuados pelas pistolas Sig Sauer calibre 9mm, Taurus calibre 9 mm e um fuzil calibre .556.

28/06/2021 13h33
Por: Redação Fonte: G1
Policiais dizem ter atirado 125 vezes em ação que matou Lázaro

A polícia disse ter atirado 125 vezes durante a ação para prender Lázaro Barbosa, conforme cita o boletim de ocorrências. O criminoso morreu após a troca de tiros na manhã desta segunda-feira (28) depois de 20 dias fugindo de uma força-tarefa com mais de 270 agentes.

De acordo com relato da Polícia Militar, os tiros foram efetuados pelas pistolas Sig Sauer calibre 9mm, Taurus calibre 9 mm e um fuzil calibre .556.

O secretário de Segurança Pública Rodney Miranda afirmou, na manhã desta segunda-feira (28), que Lázaro Barbosa descarregou uma pistola contra os policiais ao ser encontrado em Águas Lindas de Goiás, no entorno do DF. "Ele descarregou a pistola contra os policiais e não tivemos outra alternativa se não revidar", afirmou Rodney.

A corporação relatou ainda que estava percorrendo um córrego quando Lázaro foi visto saindo correndo, aparentemente tentando se esconder do helicóptero da Casa Militar que sobrevoava a mata.

Ainda conforme os policiais, neste momento, eles começaram a ser alvos de disparos de arma de fogo, "a princípio sem saber de onde vinham".

Confronto com a polícia

Lázaro foi atingido por vários tiros após ser encontrado pela polícia. Após ser baleado, ele foi levado por uma viatura do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Bom Jesus, mas morreu.

Por volta de 11h10, uma viatura do Instituto Médico Legal (IML) chegou aos fundos da unidade de saúde. O corpo dele deve ser levado para ser periciado em Goiânia.

O secretário comemorou o fim da operação: "Missão cumprida. Restabelecemos a paz e tranquilidade nessa comunidade de bem".

Ainda de acordo com Miranda, Lázaro atirou contra os policiais e foi baleado durante confronto. "Ele descarregou uma pistola, possivelmente 380, em cima do policiais", afirmou.

Apesar da troca de tiros, nenhum policial ficou ferido.

Na entrevista após a morte de Lázaro, o secretário falou sobre o cerco ao fugitivo. De acordo com ele, os policiais viraram a madrugada procurando Lázaro, "até que hoje cedo finalizamos a ocorrência e com todos policias bem e o grande objetivo de não deixar ele machucar mais ninguém", afirmou.

Leia também:

Fugitivo do PB1 morava em condomínio de luxo em São Paulo, tinha dólares e carros importados

Adolescente é atingindo com 7 facadas após tentar impedir que mãe seja morta por ex-namorado, na Paraíba

Bebê de 1 ano morre atropelado por caminhão, na Paraíba

Pai tentar salvar filhas e morre afogado em praia na Paraíba

Duas jovens morrem vítimas da Covid após dar à luz em maternidade da Paraíba

Jovem com quase 300 quilos e sintomas de Covid é socorrido com dificuldades por equipes do SAMU para hospital na Paraíba

Jovem de 27 anos morre após ser picada por marimbondo na Paraíba

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias