Segunda, 06 de Dezembro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Paraíba

Suspeito de matar policial militar e um dos fugitivos mais procurados do RN é preso na Paraíba

Judson Rodrigues Vieira, de 24 anos, foi preso no bairro de Gramame e contra ele há cinco mandados de prisão expedidos, um deles referente a morte de um policial militar ocorrida em 2018, na cidade de Carnaúbas.

01/07/2021 15h07 Atualizada há 5 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Suspeito de matar policial militar e um dos fugitivos mais procurados do RN é preso na Paraíba

Uma operação realizada pela nesta quinta-feira (1º), pela Delegacia especializada de repressão ao crime organizado (Draco) da Paraíba e em ação conjunta com uma força-tarefa da Polícia Federal da cidade de Natal, resultou na prisão de um dos criminosos mais procurados do Rio Grande do Norte.

Judson Rodrigues Vieira, de 24 anos, foi preso no bairro de Gramame e contra ele há cinco mandados de prisão expedidos, todos da Justiça do Rio Grande do Norte e um deles referente a morte de um policial militar ocorrida em 2018, na cidade de Carnaúbas.

A reportagem no Notícia Paraíba conversou com o delegado de Polícia Civil, Diego Beltrão, responsável pela operação. Segundo ele, o suspeito de ter matado o policial é um criminoso de alta periculosidade.

“Era um dos criminosos mais procurados pelas polícias daquele estado. Obtivemos informações de que ele estaria em João Pessoa, possivelmente arquitetando ataques a agências bancárias, mas esta investigação conjunta com essa força-tarefa da Polícia Federal conseguiu desarticular mais um braço do crime organizado”, explicou o delegado.

ldônio José da Silva, de 43 anos, foi morto no dia 16 de agosto às margens da RN-117, entre as cidades de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado, na região Oeste potiguar. O policial estava em um ônibus escolar a caminho de uma faculdade em Mossoró, onde estudava Administração. Ele foi identificado pelos bandidos, retirado do veículo, deitado no chão e executado com vários tiros. O último disparo, na cabeça, foi de espingarda calibre 12. A arma do PM, uma pistola, foi levada pelos bandidos.


Vítima

Ildônio morava em Caraúbas e trabalhava na 3ª Companhia do 12º BPM. Ao todo, nove suspeitos participaram da ação criminosa que resultou na morte do PM.

Após o crime, o suspeito veio morar em João Pessoa e estava usando documentos falsos e se passando por outra pessoa João Ricardo da Costa Silva. Com ele, a polícia encontrou um rifle calibre 44.

Na mesma ação, os policiais também prenderam outro fugitivo no bairro de Valentina. O suspeito responde pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Com ele os agentes encontraram um revólver calibre 38 e entorpecentes.

Os suspeitos foram levados para a Central de Polícia Civil.

Leia também:

Idosa de 74 anos é baleada durante tentativa de assalto na Paraíba

Concurso de prefeitura da Paraíba com quase 3,5 mil vagas segue com inscrições abertas

Mesmo com medida protetiva, mulher é agredida por ex-marido na frente dos filhos, na Paraíba

Esposa de motociclista que morreu em acidente envolvendo ônibus na BR-230 segue internada em estado grave

Mãe e padrasto suspeitos de matar criança de 2 anos por espancamento passam por audiência de custódia

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias