Quarta, 19 de Janeiro de 2022
83 9 9869-1587
Brasil Caso DJ Ivis

Após receber medida protetiva, mulher de DJ Ivis recorre à Justiça para que ele não venda ou transfira bens do casal

Segundo Pamella, o marido saiu de casa em função do cumprimento da medida deixando apenas R$ 8 reais para o seu sustento e o da filha do casal, que tem nove meses.

12/07/2021 16h27 Atualizada há 6 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Após receber medida protetiva, mulher de DJ Ivis recorre à Justiça para que ele não venda ou transfira bens do casal

A ex-esposa do paraibano DJ Ivis, Pamella de Holanda, recebeu uma medida protetiva que afastou o artista de casa pelos próximos seis meses, após ela ter publicado, neste domingo (11), vídeos sendo agredida por Ivis dentro do apartamento do casal e na frente na filha dos dois.

Além dos vídeos, Pamella também postou fotos de como o seu rosto teria ficado após as agressões. 

A vítima fez um Boletim de Ocorrência contra o DJ há pouco mais de um mês e o inquérito policial foi instaurado, mas não foi possível prender Ivis em flagrante, porque as agressões ocorreram no dia 1º, segundo o órgão público. 

Após toda a exposição, a digital influencer entrou com pedidos na Justiça para que Ivis não venda ou transfira os bens do casal.

Segundo Pamella, o marido saiu de casa em função do cumprimento da medida deixando apenas R$ 8 reais para o seu sustento e o da filha do casal, que tem nove meses. Além disso, ela afirmou que foi forçada a assinar procurações para que ele fizesse negociações em seu nome. A mulher disse que devido a ter assinado esses documentos, teme que o DJ possa promover o "esvaziamento e a transferência de bens" do casal durante esse tempo.

Os advogados de Pamella solicitaram proibição temporária para celebração de atos e contratos de compra e venda de propriedade sem autorização judicial e que sejam anuladas todas as procurações que ela teria sido forçada assinar pelo marido, o que chamou de "diversas pressões psicológicas".

Os advogados ainda solicitaram a prestação do pagamento de alimentos provisórios e também a prestação de um depósito judicial por danos morais e materiais, tendo em vista que o DJ quebrou um aparelho de celular no valor de R$ 11 mil. 

A influenciadora ainda apelou à Justiça que o músico seja proibido de divulgar vídeos íntimos seus, bem como quaisquer tipos de postagens que se refiram a ela. Ela também afirmou que outros bens de sua propriedade estão com o DJ, entre eles documentos, a exemplo do seu título de eleitor, óculos de sol, entre outros ítens.

A defesa de Pamella aguarda que a Justiça aprecie os pedidos solicitados por ela.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias