Segunda, 06 de Dezembro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Feminicídio

Homem suspeito de matar ex-mulher a facadas e esfaquear os filhos, que tentaram defender a mãe, segue foragido, na Paraíba

Mais de um mês após o crime, Severino Vandeilson Aires segue foragido e os filhos de Maria Betânia esperam que o homem seja preso e pague pelo crime que cometeu.

13/07/2021 18h59 Atualizada há 5 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Vítima e suspeito
Vítima e suspeito

O principal suspeito de ter assassinado a facadas a ex-companheira, no dia 8 de junho, na cidade de Boqueirão, Agreste da Paraíba, segue foragido. 

Segundo a Polícia Militar, a mulher estava separada do suspeito há cerca de quarenta dias, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento. Ele foi até a casa da ex-mulher e desferiu vários golpes de faca nela. 

Os filhos da vítima, um jovem de 21 e outro de 20, foram tentar defender a mãe e também foram atingidos por facadas. Os irmãos foram socorridos e receberam alta dias depois. Maria Betânia de Sousa, de 41 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Uma outra filha da vítima, de 11 anos de idade, presenciou toda a cena.

Mais de um mês após o crime, Severino Vandeilson Aires segue foragido e os filhos de Maria Betânia esperam que o homem seja preso e pague pelo crime que cometeu.

“Minha mãe deixou ele porque ele bebia muito e até já tinha humilhado ela algumas vezes. Mas ele não aceitava o fim da relação e vivia pedindo pra voltar, mas ela não queria. E acabou acontecendo essa tragédia e hoje ele tá por ai, solto e minha mãe morta e isso é muito injusto”, desabafou Anderson Emerson da Silva, um dos filhos da vítima.

Anderson apelou para a população e pediu que quem tivesse alguma informação sobre o paradeiro do suspeito que entrasse em contato com a Polícia Militar através do número 190 ou com a Polícia Civil, pelo 197. A ligação é anônima e sigilosa.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias