Quinta, 16 de Setembro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Operação Acalento

Operação cumpre 35 mandados de prisão contra suspeitos de abusar sexualmente de crianças e adolescentes na Paraíba

A Polícia Civil da Paraíba atendeu a um total de 283 crianças e adolescentes e realizou 200 visitas e diligências preventivas.

16/07/2021 07h21 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Operação cumpre 35 mandados de prisão contra suspeitos de abusar sexualmente de crianças e adolescentes na Paraíba

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, as polícias civis e secretarias de Segurança Pública dos estados cumprem, na manhã desta sexta-feira (16), 374 mandados de prisão, em todo país, em uma operação de combate a crimes de violência contra crianças e adolescentes.

Denominada ‘Operação Acalento”, a ação ocorre em 1.047 municípios e na Paraíba, a ação está sendo coordenada pelo Delegado Seccional da 1ª Delegacia, DPC Pedro Ivo Soares Bezerra e 35 mandados de prisão contra suspeitos de abusar sexualmente de crianças e adolescentes estão sendo cumpridos.

O objetivo, da operação é coibir todo tipo de violência, como maus-tratos, exploração sexual e tortura em crianças e adolescentes.

A Polícia Civil da Paraíba atendeu a um total de 283 crianças e adolescentes e realizou 200 visitas e diligências preventivas.

A operação foi planejada tendo em vista o aumento de denúncias de abuso contra esse grupo, registradas durante o período da pandemia, motivado em grande parte, pela suspensão das aulas presenciais, que fez com que crianças e adolescentes passassem a conviver mais tempo com seus agressores.

As investigações tiveram início no dia 4 de junho, e, até o momento, atendeu 16 mil vítimas e prendeu cerca de 800 suspeitos em vários estados do país.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias