Terça, 03 de Agosto de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Paraíba

Prefeitura da Paraíba é investigada por desvio de verbas da Covid com contração de servidores fantasmas

Segundo a PF, o esquema foi denunciado por vereadores da cidade e os valores desviados giram em torno de R$ 224.801,28.

21/07/2021 09h52 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Prefeitura da Paraíba é investigada por desvio de verbas da Covid com contração de servidores fantasmas

Uma operação realizada pela Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (21), para apurar um suposto esquema envolvendo uma rede de prestadores de serviço e servidores contratados “fantasmas” na prefeitura de Mulungu, Brejo da Paraíba

Segundo a PF, o esquema foi denunciado por vereadores da cidade e os valores desviados seriam de repasses do governo federal para enfrentamento à Covid-19.

Denominada “Falsum Latere”, a ação se refere a forma latina de 'falso tijolo', em alusão à empresa relacionada com a investigação do ramo de cerâmicas.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em quatro endereços na cidade e segundo as investigações, os supostos contratados pela prefeitura deveriam realizar serviços de apoio a agentes de saúde e da Vigilância Sanitária, mas os contratos não teriam sido prestados e os valores eram repassados para funcionários de uma empresa do ramo de cerâmica de propriedade de um secretário municipal.

Os valores desviados giram em torno de R$ 224.801,28, e esse dinheiro deveria ter sido usado no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Os investigados podem responder pelo crime de peculato e podem pegar pena de até 12 anos de reclusão.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias