Terça, 03 de Agosto de 2021
83 9 9869-1587
Geral Vírus do Macaco B

Primeira morte humana causada por vírus raro de macaco é confirmada na China

Veterinário morreu por conta do vírus do herpes B, que é predominante em macacos e quando transmitido para humanos, pode ser mortal

21/07/2021 20h22
Por: Redação
Primeira morte humana causada por vírus raro de macaco é confirmada na China

A morte do veterinário que trabalhava no Centro Chinês para Controle e Prevenção de Doenças foi a primeira registrada com a causa do vírus "vírus do macaco B", ou herpes B. A infeccção viral se trata de um caso raro, mas quando é transmitido para humanos pode ser mortal.

O homem trabalhava no instututo chinês na parte de pesquisa que focava a reprodução de primatas, e havia trabalhado na dissecação de dois macacos mortos em março. Após um mês desse episódio, o homem começou a sentir náuseas, vômitos e febre e veio a falecer. Em suas amostras de sangue, foram encontradas evidências do vírus do herpes B. Um médico e uma enfermeira, seus contatos próximos, testaram negativo para o vírus, segundo as autoridades. 

O vírus herpes B tem taxa de mortalidade de cerca de 80% e segundo o especialista em doenças infecciosas da Universidade Kobe, no Japão em entrevista ao Washington Post. Kentaro Iwata, em humanos, o vírus tende a atacar o sistema nervoso central e causar inflamação no cérebro. 

O primeiro caso de infeccção do vírus herpes B em humanos foi registrado em 1932, e até então os relatos desse tipo de infeccção foram de menos de 100 entre humanos. Segundo Iwata, a maioria desses casos aconteceu na América do Norte, onde os cientistas tendem a estar mais atentos à doença. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias