Sábado, 27 de Novembro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Maus-tratos

Idosa de 94 anos é resgatada após denúncia de maus-tratos e exploração financeira, na Paraíba

A suposta cuidadora tem 88 anos e uma filha dela administrava todo o dinheiro da idosa e não promovia as condições de vida necessárias que a mulher precisava.

26/07/2021 08h32 Atualizada há 4 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Idosa de 94 anos é resgatada após denúncia de maus-tratos e exploração financeira, na Paraíba

Uma idosa de 94 anos vítima de maus-tratos foi resgatada pela promotora de Justiça da Cidadania e dos Direitos Fundamentais – Direitos dos Idosos, Sônia Maia, nesta segunda-feira (26).

O Notícia Paraíba conversou com a promotora e ela explicou que a idosa estava vivendo junto com outros em um residencial que já estava sendo fiscalizado pelo Ministério Público da Paraíba.

A promotoria começou a entrar em contato com familiares dos idosos para retirá-los do local e uma mulher se apresentou como responsável legal da idosa e a levou para morar com ela.

Segundo Dra Sônia, após a mudança, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), passou a visitar a idosa para fazer o acompanhamento e descobriu que a suposta cuidadora teria se mudado sem avisar nada ao Creas.

Após localizarem o endereço no bairro do Funcionários II, as equipes encontraram a idosa acamada, negligenciada e sendo vítima de maus-tratos.

A promotora explicou ainda que a suposta cuidadora tem 88 anos e uma filha dela administrava todo o dinheiro da idosa e não promovia as condições de vida necessárias que a mulher precisava.

A idosa será levada para o Hospital Padre Zé, onde passará por avaliação médica e depois será institucionalizada na Associação Promocional do Ancião Dr. João Meira de Menezes (Aspan).

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias