Domingo, 17 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Volume histórico

Em apenas 8 horas, chuva em João Pessoa supera média histórica de 30 anos para fevereiro

O índice superou em 55% a média.

27/02/2021 07h57
Por: Redação
Em apenas 8 horas, chuva em João Pessoa supera média histórica de 30 anos para fevereiro

Após as intensas chuvas registradas na manhã desta sexta-feira (26), que superou em quase 60% o volume médio histórico de João Pessoa para o mês inteiro de fevereiro em apenas 8 horas, o prefeito Cícero Lucena reuniu os secretários para avaliar os impactos da precipitação recorde e planejar as próximas ações. A reunião aconteceu no Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, e resultou na instalação do comitê de crise climatológica sob a coordenação da Secretaria Executiva de Defesa Civil.

Os dados pluviométricos apontam que choveu no intervalo de 8 horas o total de 167,8 milímetros. A média histórica para o mês de fevereiro inteiro, conforme medições dos últimos 30 anos, é de 108 milímetros. O índice superou em 55% a média. Com previsão de mais chuvas nas próximas horas, todas as secretarias municipais estarão de prontidão no fim de semana com equipes prontas para atender às demandas causadas pela chuva.

Segundo o prefeito Cícero Lucena, toda a estrutura da Prefeitura e secretarias estará de prontidão para atender as necessidades causadas pelas chuvas e minimizar o impacto na vida do pessoense. “Todo o plano emergencial foi desenhado e estabelecidas as equipes preparadas para fazer o atendimento que por ventura seja necessário acontecer. Na área social, de engenharia, de trânsito estamos estruturados para podermos enfrentar essa situação”, definiu.

O prefeito também destacou que, apesar da chuva intensa e de diversas ocorrências de inundação, alguns deslizamentos e rompimento de tubulações, não houve nenhuma vítima fatal e nem residências sofreram agravos mais graves. “Recebemos os primeiros relatórios sobre a evidência dessa chuva que superou em muito a média histórica para o período. A estrutura de drenagem da cidade não suporta, não está planejada para isso. Graças a Deus, sem nenhum registro de morte ou desabamento de casa. Estamos estruturados e preparados para acompanhar esse momento”, afirmou.

A força-tarefa envolve as Secretarias de Defesa Civil, Infraestrutura, Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano, Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Cidadania, Emlur e Superintendência de Mobilidade Urbana.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias