Sábado, 22 de Janeiro de 2022
83 9 9869-1587
Geral Paraíba

Recém-nascida abandonada em calçada recebe alta e mãe de 19 anos é ouvida pela polícia, na Paraíba

A mãe da recém-nascida tem 19 anos e disse que ficou com medo da reação da família ao descobrir sobre a gravidez e por isso escondeu a gestação até o final e decidiu deixar a filha.

26/08/2021 11h32 Atualizada há 5 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Recém-nascida abandonada em calçada recebe alta e mãe de 19 anos é ouvida pela polícia, na Paraíba

A recém-nascida que foi abandonada em uma calçada de uma vila da cidade de João Pessoa, na última segunda-feira (24), recebeu alta na manhã desta quinta-feira (26), da Maternidade Cândida Vargas.

A pequena Ana Vitória, como foi ‘batizada’ pelos profissionais de saúde, foi medicada e passou por exames. Segundo os pediatras que atenderam a recém-nascida, a menina mede 41 cm e está com 2,6kg e passa bem.

O bebê foi encontrado por uma moradora da vila, que acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar.

Câmeras de monitoramento registraram o momento em que uma mulher jovem abandonou o recém-nascido e antes de deixar a criança deu um beijo nela, como se estivesse se despedindo.

A mãe foi localizada e é uma jovem de 19 anos. Ela disse que ficou com medo da reação da família ao descobrir sobre a gravidez e por isso escondeu a gestação até o final e decidiu deixar a filha, conforme apurou o Notícia Paraíba.

A jovem prestou depoimento nesta quinta-feira (26), na Central de Polícia e foi ouvida pela delegada Joana Darc.

A menina já está institucionalizada e foi levada por conselheiros tutelares para um abrigo e o juiz da Vara da Infância, Adhailton Lacet, irá decidir se a criança ficará com a mãe ou se será incluída no Cadastro Nacional de Adoção (CNA).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias