Sábado, 25 de Junho de 2022
83 9 9869-1587
Esportes Vergonha nacional

Conmebol suspende Brasil e Argentina e Fifa decidirá o caso

Depois da Anvisa interromper a partida, entidade comunicou a suspensão do jogo. Argentina deixa estádio e vai para aeroporto

05/09/2021 17h49
Por: Redação Fonte: R7
Conmebol suspende Brasil e Argentina e Fifa decidirá o caso

A Conmebol confirmou a suspensão da partida entre Brasil e Argentina, após confusão dentro de campo que terminou com os jogadores argentinos deixando o gramado na Neo Química Arena neste domingo (5). Em nota, a entidade afirma que a decisão foi do árbitro de campo e que agora cabe a Fifa, autoridade máxima do futebol, decidir o que será feito. 

O jogo foi interrompido logo aos quatro minutos de jogo. Em primeiro momento, os agentes de saúde discutiram com o delegado da partida, mas na sequência entraram no gramado e tentaram retirar os atletas Giovani Lo Celso, Emiliano Martínez, Cristian Romero e Emiliano Buendía.

Por conta do ocorrido, os jogadores argentinos se retiraram de campo e voltaram ao vestiário. A CBF e a Conmebol chegaram a costurar um acordo com o governo brasileiro para liberar os atletas para o duelo contra o Brasil. No entanto, a decisão não passou pela Anvisa, que deciciu pela interrupção da partida para retirar o quarteto que descumpriu os protocolos contra a covid-19.

Delegação argentina volta para aeroporto

Depois da confusão dentro de campo e a suspensão do jogo entre Brasil e Argentina neste domingo (5), a delegação argentina se prepara para deixar a Neo Química Arena em direção ao Aeroporto Internacional de Guarulhos. Há ainda a possibilidade dos quatro jogadores da Argentina serem detidos pela Polícia Federal, a pedido da Anvisa.

Anteriormente, a agência havia confirmado que os quatro jogadores não passaram pela quarentena obrigatória para viajantes que passam por Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia nos últimos 14 dias. Logo, os atletas não poderiam entrar em campo e a agência de saúde chegou a cogitar a deportação dos jogadores

Segundo a Anvisa, os atletas argentinos descumpriram a portaria 655/2021, que, em seu artigo 8o, prega que "o descumprimento do disposto nesta Portaria implicará, para o agente infrator: I - responsabilização civil, administrativa e penal; II - repatriação ou deportação imediata; e III - inabilitação de pedido de refúgio."

Os agentes buscavam a retirada dos quatro atletas que descumpriram os protocolos contra a covid-19: Giovani Lo Celso, Emiliano Martínez, Cristian Romero e Emiliano Buendía. Os três primeiros entraram como titulares na partida, Buendía ficou fora.

O jogo era repleto de expectativas, não só pela reedição da final da Copa América, mas também pelo duelo entre Messi e Neymar.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (26/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Segunda (27/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias