Terça, 07 de Dezembro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Caso Anniele

Suspeito confessa que matou menina de 11 anos esganada, mas nega estupro

O corpo de Anielle foi encontrado em um matagal e a menina estava seminua, com sinais de violência sexual e esganadura.

09/09/2021 06h55 Atualizada há 3 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Suspeito confessa que matou menina de 11 anos esganada, mas nega estupro

José Alex da Silva, suspeito ter matado Anielle Teixeira, de 11 anos de idade, confessou o crime, mas negou ter estuprado a menina.

Em depoimento nessa quarta-feira (8), ao delegado Rodolfo Santa Cruz, José Alex disse que matou a criança por esganadura no matagal onde ela foi encontrada. Segundo o suspeito, ele e a mãe de Anielle teriam passado o dia bebendo e usando drogas e foi dormir a noite. Alex disse que ao acordar, percebeu que nem a criança e nem a bicicleta dele estavam no local e saiu na madrugada à procura da menina.

O suspeito falou que encontrou a menina no bairro Miramar, próximo ao matagal, que a arrastou para dentro da mata e usando as mãos, esganou a criança até ela morrer.

Mesmo confessando ter matado a vítima, o suspeito negou as acusações de estupro.

Anielle desapareceu no último domingo (5), e o corpo da menina foi encontrado na madrugada desta quinta-feira, (8), em uma mata no bairro de Miramar, as margens do Rio Jaguaribe. A vítima estava seminua, com sinais de violência sexual e esganadura, conforme a perita criminal Amanda Melo disse ao Notícia Paraíba.

José Alex foi estava foragido e preso pela Polícia Militar de Pernambuco na cidade de Ferreiros, na casa de uma irmã., nessa quarta-feira (8). Ele foi levado para a Central de Polícia em João Pessoa, onde prestou depoimento e encaminhado para o presídio do Roger.

O corpo da menina está no Instituto de Polícia Científica e a necropsia que vai comprovar a causa da morte deverá ser iniciada nesta quinta-feira (9).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias