Quinta, 23 de Setembro de 2021
83 9 9869-1587
Anúncio
Polícia Crime Brutal

Menina de 11 anos morreu estrangulada e chegou a aspirar lama antes da morte, confirma perícia

Foi detectada a presença de lama nas vias aéreas, confirmando que a criança estava viva quando foi levada ao local onde foi encontrada, pois, pare ter aspirado a lama, ela teria que estar respirando.

10/09/2021 10h02 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Menina de 11 anos morreu estrangulada e chegou a aspirar lama antes da morte, confirma perícia

O laudo pericial confirmando a causa da morte por estrangulamento de Anielle Texeira, de 11 anos, saiu na manhã desta sexta feira (1). 

Segundo a perita criminal Cristiane Helena  explicou ao Notícia Paraíba, a criança sofreu fratura em duas vértebras cervicais e foi detectada a presença de lama nas vias aéreas, confirmando que a vítima estava viva quando foi levada ao local onde foi encontrada, pois, para ter aspirado a lama, ela teria que estar respirando. 

O corpo de Anielle foi encontrado seminu na madrugada da última quarta-feira (8), com sinais de violência sexual e esganadura,. O resultado dos exames para identificar se houve violência sexual estão em andamento. 

Devido ao estado de decomposição avançado, o corpo da criança teve que ser congelado por 24 horas para que pudesse ser iniciado o procedimento de necropsia, segundo a perícia. 

O sepultamento aconteceu na tarde dessa quinta-feira (9), no cemitério São José e familiares e amigos acompanharam o enterro que foi marcado por muita comoção e revolta, após a liberação do corpo pelo IML e a família não realizou o velório da criança em razão do adiantamento da putrefação. 

A criança desapareceu no último domingo (5) e foi vista pela última vez na companhia de um conhecido da família.

O suspeito ter matado a menina, José Alex da Silva, confessou o crime, mas negou ter estuprado a menina. Ele foi preso na última quarta-feira (8), no município de Ferrreiros, na Zona da Mata Norte pernambucana, trazido para João Pessoa, onde passou por audiência de custódia e foi levado para o presídio PB-01, na capital.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias