Sábado, 23 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Pandemia

Procon de João Pessoa lança atendimento por WhatsApp

O Procon disse que o usuário tem direito também à vídeochamada para assistência imediata, de acordo com o volume da demanda, das 8hs às 17h, de segunda a sexta-feira.

02/03/2021 08h28 Atualizada há 8 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Procon de João Pessoa lança atendimento por WhatsApp

 

O Procon de João Pessoa vai realizar atendimentos para os consumidores através de WhatsApp.

De acordo com o órgão, o canal vai servir para consumidores que precisem tirar dúvidas, receber orientações e abrir reclamação e para formalizar reclamação, o consumidor deve contar o problema, juntar fotos dos documentos e aguardar a audiência de conciliação. 

Ainda conforme o Procon, o usuário tem direito também à vídeochamada para assistência imediata, de acordo com o volume da demanda, das 8hs às 17h, de segunda a sexta-feira.

Como funciona

Após adicionar o número (83) 98665-0179 e fazer o primeiro contato, o consumidor terá as opções ‘Abertura de reclamações’, ‘Denúncias’, ‘Dúvidas’ e ‘Vídeochamadas’.

O Procon explica que “se a escolha for ‘Abertura de reclamações’, o consumidor vai narrar o problema e, se procedente, ocorrerá a abertura de processo administrativo. Neste caso, é preciso juntar as fotos dos documentos e, ao término, já terá a data da audiência marcada, que também será através do WhatsApp”.

Se a escolha for ‘Denúncia’, é só falar sobre a irregularidade e indicar o local da ocorrência, de preferência anexando fotos, porque tudo será encaminhado para o setor de fiscalização, que tomará as devidas providências. Quanto ao item ‘Dúvidas’, a pessoa que fizer o contato receberá as orientações e os esclarecimentos de que necessita no momento.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias