Quinta, 23 de Setembro de 2021
83 9 9869-1587
Anúncio
Polícia Pix por Oração

Pastora da Paraíba pede Pix em troca de orações nas redes sociais, cobra vaga em cultos e é criticada por internautas

A suspeita é a pastora da Regional da Catedral IPTM, Renalida Carvalho, cuja sede da igreja será inaugurada ainda essa semana, na cidade de Cabedelo, Região Metropolitana.

15/09/2021 13h50 Atualizada há 1 semana
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Pastora da Paraíba pede Pix em troca de orações nas redes sociais, cobra vaga em cultos e é criticada por internautas

Uma pastora paraibana está sendo alvo de críticas nas redes sociais após suspeitas de pedir PIX em troca de vagas para o culto e orações. 

Na campanha divulgada nas redes sociais da pastora, intitulada 'Virada de Cativeiro', a pastora deixa o número de duas contas de PIX e uma conta bancária para que as pessoas contribuam com o projeto e em troca diz que fará orações para os que ajudarem. A denúncia feita pelo pastor Anderson diz que Renallida cobra um valor de R$ 50 para que os fiéis possam ter acesso a uma vaga na inauguração do novo templo da Igreja Pentecostal Tempo de Milagres, cuja sede da igreja será inaugurada ainda essa semana, na cidade de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. 

Comentários de internautas e cristãos revoltados com as atitudes foram deixados nas publicações da pastora, como: “ACORDEM GENTE MULHER COBRANDO PIX DE 50 REAIS pra poder liberar pessoas pra ir pro culto que profeta é essa?...”. 

Renalida é conhecida nas redes sociais por ostentar carros de luxo e suspeita de arrecadar dinheiro em nome da fé. Além da pastora, o presidente da igreja também está envolvido na polêmica, o pastor Leonardo Sales. 

O Notícia Paraíba entrou em contato com a assessoria da pastora Renallida e fomos informados que ela vai se manifestar sobre o caso através de uma nota em suas redes sociais ainda nesta quarta-feira (15).

10 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias