Sexta, 03 de Dezembro de 2021
83 9 9869-1587
Esportes Em João Pessoa

Seleção feminina goleia a Argentina no segundo amistoso disputado na Paraíba

Golaço de falta de Marta é o destaque da vitória por 4 a 1 em João Pessoa.

20/09/2021 14h32
Por: Redação Fonte: Globo Esporte
Seleção feminina goleia a Argentina no segundo amistoso disputado na Paraíba

No segundo amistoso da seleção brasileira feminina contra a Argentina na Paraíba, mais uma vitória para a equipe comandada por Pia Sundhage. Em João Pessoa, o Brasil goleou a rival por 4 a 1, com destaque para um golaço de falta da camisa 10 Marta. Também marcaram Kerolin, Debinha e Yasmim. Mariana Larroquette fez o gol da Argentina.

- Desde o primeiro momento que a gente chegou aqui a gente sentiu esse calor humano, mesmo não podendo estar tão próximo do público por causa dos protocolos da Covid-19. A gente só tem a agradecer - comentou a Rainha Marta, que também falou sobre a foto publicada nas redes sociais do Rei Pelé assistindo à partida da seleção feminina.

- É motivo de alegria saber que ele está aos pouquinhos se recuperando, a gente torce pela recuperação total. E uma honra saber que ele está acompanhando a seleção feminina.

O Brasil já tinha vencido a Argentina por 3 a 1, sexta-feira, em Campina Grande. Os dois jogos marcaram o início do novo ciclo de preparação da seleção feminina, visando à Copa América de 2022, que será classificatória para a Copa do Mundo de 2023. A próxima data Fifa de amistosos será em outubro, mas a CBF ainda não anunciou os adversários.

O Brasil pôs as cartas no gramado, a bola no chão e resolveu ser imponente diante da Argentina desde o início. O resultado disso, na primeira etapa, foi uma série de boas jogadas criadas e dois gols marcados. O primeiro saiu aos 19 minutos, quando Kerolin aproveitou a saída errada da goleira Oliveros em escanteio da direita e mostrou oportunismo ao chapar a bola com tranquilidade para o gol.

O segundo gol foi uma verdadeira pintura da maior jogadora do futebol feminino. Aos 36 minutos, Marta cobrou falta com maestria e colocou a bola no ângulo de Oliveros, que só assistiu a mais um golaço da camisa 10 em sua carreira. Do lado da Argentina, a equipe pouco conseguiu fazer, com apenas duas finalizações a gol até o intervalo.

No segundo tempo, o Brasil ampliou o placar logo aos dois minutos: a lateral-esquerda Yasmin, que substituiu Tamires na volta do intervalo, cruzou na medida para Debinha subir entre as zagueiras e marcar de cabeça o terceiro da seleção, confirmando sua vocação artilheira na era Pia Sundhage. Debinha é a maior artilheira do Brasil nos dois anos de trabalho da treinadora sueca, agora com 16 gols em 24 partidas.

Outra novata que entrou no intervalo, a zagueira Lauren, de 19 anos, errou no domínio da bola em seu primeiro lance no jogo, e Larroquette aproveitou para fazer o gol argentino, aos cinco. Mas no minuto seguinte, Yasmin recebeu de Marta na esquerda e fechou a goleada com um bonito chute cruzado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias