Terça, 26 de Outubro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Suposta negligência

Paciente preso suspeito de agredir médico que se negou a prestar atendimento sofre infarto, na Paraíba

A esposa da vítima disse que ele sofreu um infarto e está internado em estado grave sob custódia policial.

07/10/2021 13h00 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Paciente preso suspeito de agredir médico que se negou a prestar atendimento sofre infarto, na Paraíba

O homem que foi detido no final da manhã dessa quarta-feira (6), suspeito de agredir um médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Jardim Oceania, em João Pessoa, infartou nesta quinta-feira (7).

Beto Mário é músico e estava aguardando atendimento na UPA desde às 5h da manhã e segundo familiares, o homem estava passando muito mal e quando uma enfermeira teria ido chamar o médico, ele não lhe deu atenção, tratou mal o paciente e voltou para o consultório.

De acordo com familiares do paciente, mesmo sentindo muita dor e com a medicação na veia, os dois acabaram discutindo, o paciente retirou o soro, os seguranças da Upa foram acionados e a Polícia Militar foi chamada, segundo apurou o Notícia Paraíba.

O médico e o paciente foram levados para a Central de Polícia e prestaram depoimento. O suspeito foi ouvido pelo delegado, negou as acusações e começou a passar mal. Devido à gravidade do estado de saúde foi determinado pelo delegado plantonista que ele fosse levado em uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para o Trauminha de Mangabeira.

A esposa da vítima disse que ele sofreu um infarto e está internado em estado grave sob custódia policial.

Ainda segundo a mulher, até ontem o marido estava algemado, mas devido ao agravamento do estado de saúde, as algemas foram retiradas e o homem segue internado e acompanhado por policiais.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias