Segunda, 06 de Dezembro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Foragido

Matador de organização criminosa que estava na Paraíba para cometer mais um crime é preso pela polícia

O homem preso na Paraíba era pistoleiro que atuava a mando da organização criminosa investigada pela ‘Sinaloa’.

22/10/2021 19h10 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Matador de organização criminosa que estava na Paraíba para cometer mais um crime é preso pela polícia

Um homem de 33 anos que estava foragido do estado de São Paulo foi preso nesta sexta-feira (22), a cidade de Brejo dos Santos, no Sertão da Paraíba.

A prisão foi feita através de uma ação das polícias Civil e Militar da Paraíba, e a Polícia Civil do Rio Grande do Norte e o foragido foi preso pelas equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organização (DRACO/PCPB), do 12° BPM/PB e da Polícia Civil de Alexandria (PCRN).

De acordo com as investigações da Polícia Civil, o suspeito é investigado pela prática de vários homicídios na região do alto sertão paraibano, estava foragido do estado de São Paulo desde o ano passado e voltou à Paraíba para cometer mais um assassinato.

O homem preso é membro de uma organização criminosa que já foi alvo de investigações das polícias civis do Rio Grande do Norte e da Bahia, durante a ‘Operação Sinaloa’, que apura o tráfico internacional de drogas. A prefeita do município de João Dias (RN) e o presidente da Câmara de Vereadores da cidade – pai dela – foram presos nessa operação, em 2020.

Na última terça-feira, dois irmãos da prefeita morreram em confronto com a Polícia Civil da Bahia. Francisco Deus Amor Jacome de Oliveira e Leidjan Jacome de Oliveira, também investigados pela Operação Sinaloa, foram baleados na troca de tiros e não resistiram aos ferimentos. Os mandados de prisão que os policiais tentavam cumprir são da Justiça Federal do estado do Paraná.

O homem preso na Paraíba era pistoleiro que atuava a mando da organização criminosa investigada pela ‘Sinaloa’.

O suspeito está recolhido, à disposição da Justiça.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias