Sábado, 27 de Novembro de 2021
83 9 9869-1587
Geral Cultura do ódio

Walkyria Santos é acusada de ter “enforcado” o próprio filho para se promover e ajudar o namorado a se destacar na política e denuncia conta do instagram pela fakenews

Lucas foi encontrado morto no dia 03 de agosto, em Natal no Rio Grande do Norte. O jovem tirou a própria vida após receber vários comentários de ódio depois que divulgou um vídeo em uma rede social beijando um garoto.

17/11/2021 13h19 Atualizada há 1 semana
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Walkyria Santos é acusada de ter “enforcado” o próprio filho para se promover e ajudar o namorado a se destacar na política e denuncia conta do instagram pela fakenews

A cantora Walkyria Santos usou as redes sociais, para pedir ajuda aos seguidores para denunciar uma conta do Instagram que a acusa de ter “enforcado” o próprio filho, Lucas Santos, 16 anos, para “ganhar ibope”. 

Lucas foi encontrado morto no dia 03 de agosto deste ano, em Natal no Rio Grande do Norte. O jovem tirou a própria vida após receber vários comentários de ódio depois que divulgou um vídeo em uma rede social beijando um garoto.

A página acusa a cantora de ter tirado a vida do próprio filho por conta do namorado dela. “Vereador de Campo Grande/RN se engajar na política e criar um projeto para se destacar na política em Brasília e se candidatar como deputado estadual no próximo ano”, diz a publicação.

Mesmo abalada com a morte trágica do filho, a cantora se engajou em uma campanha para tentar disseminar com a cultura de ódio nas redes sociais.

A paraibana fez um desabafo sobre a postagem onde foi acusada de matar o próprio filho destacando a falta de limte das pessoas.

 “O povo realmente está sem limite. O povo está sem limite. Não sei mais o que fazer. Se eu saio do Instagram, das redes sociais.... Gente, que absurdo”, disse, em vídeo gravado na rede social. Ninguém respeita mais a dor de ninguém. Ninguém respeita o luto de ninguém”, lamentou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias