Terça, 25 de Janeiro de 2022
83 9 9869-1587
Polícia Fiscalizações

Nove lojas são autuadas por irregularidades na Black Friday, em João Pessoa

Foram 347 produtos que tiveram seus preços avaliados.

27/11/2021 06h42
Por: Redação
Nove lojas são autuadas por irregularidades na Black Friday, em João Pessoa

Para garantir o direito do consumidor que foi às compras na Black Friday, a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de João Pessoa (Procon-JP) realizou, durante todo o dia desta sexta-feira (26), uma série de fiscalizações em estabelecimentos comerciais. Ao todo, foram lavrados nove autos de infração por irregularidades encontradas nas lojas.

Ao longo das últimas semanas, o Procon-JP fez quatro pesquisas internas para analisar os valores das mercadorias. Foram 347 produtos que tiveram seus preços avaliados. Nesta sexta, fiscais voltaram às lojas para verificar se existiam irregularidades e se os consumidores estavam sendo lesados. Das 12 lojas visitadas, nove foram autuadas por práticas ilegais.

A chefe de fiscalização do Procon-JP, Mariana Teixeira, fez um balanço positivo da ação e destacou que as irregularidades mais cometidas nas lojas foram a falta de sinalização dos produtos que estavam em promoção na Black Friday, falta do preço anteriormente praticado, além de publicidade enganosa, já que alguns produtos estavam com o valor mais alto que a média do mercado.

“Ainda existem grandes empresas infringindo o Código de Proteção e Defesa do Consumidor. A maioria das lojas autuadas infringiu a legislação quanto à falta de informação, bem como pela publicidade enganosa. Foram autuadas nove lojas e seguimos orientando os consumidores a denunciarem qualquer prática infrativa que verificarem nas lojas de João Pessoa. Estaremos sempre atentos para fiscalizar e orientar no que for preciso”, destacou.

Os estabelecimentos visitados foram os seguintes: Magazine Luíza (duas lojas no Centro e uma em Manaíra), Casas Bahia (Centro), Lojas Americanas (Centro e Manaíra), Big Bompreço (Centro), Riachuelo (Manaíra), Lojas Marisa (Manaíra), Extra (Tambauzinho), Carrefour (Aeroclube) e Atacadão dos Eletros (Centro).

O consumidor que se sentir lesado pode entrar em contato com o Procon-JP através de seus canais de atendimento. São eles: telefone 0800 083 2015, WhatsApp 9 8665-0179 ou Instagram @procon-jp.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias