Sábado, 25 de Setembro de 2021
83 9 9869-1587
Anúncio
Geral Vacinas

Governadores do Nordeste lançam proposta de compra de 40 milhões de doses da vacina Sputnik

A previsão é de que sejam destinadas entre 22 milhões e 38 milhões de imunizantes contra a Covid-19 até o final do mês.

12/03/2021 08h57
Por: Redação Fonte: Secom
Governadores do Nordeste lançam proposta de compra de 40 milhões de doses da vacina Sputnik

O governador João Azevêdo se reuniu, por meio de videoconferência, nesta quinta-feira (11), com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e os demais governadores do Nordeste, ocasião em que os gestores apresentaram a proposta para a aquisição de 39,6 milhões de doses da vacina Sputnik que devem ser incluídas no Plano Nacional de Imunização (PNI). A iniciativa foi acolhida pelo ministro e deve ser formalizada nesta sexta-feira (12). 

A negociação entre o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste) e o Fundo Soberano Russo foi iniciada no ano passado, sob a condução do governador da Bahia, Rui Costa, e foi viabilizada com a sanção por parte do governo federal da Lei que facilita a compra de vacinas, insumos e serviços necessários à imunização contra a Covid-19. 

“Nós agradecemos ao ministro pela decisão efetiva e parabenizamos o governador Rui Costa pelo empenho para garantir a disponibilidade das doses. Estamos numa luta para salvar vidas. O Brasil precisa, mais do que nunca, da nossa união de forças pela vacina para que possamos vencer a pandemia”, ressaltou o governador João Azevêdo. 

Na reunião virtual, o ministro ainda apresentou uma estimativa de distribuição de doses aos estados para março. A previsão é de que sejam destinadas entre 22 milhões e 38 milhões de imunizantes contra a Covid-19 até o final do mês.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias