Terça, 25 de Janeiro de 2022
83 9 9869-1587
Geral Negociações

Após protestos, governador propõe reajuste de 10% e incorporação de 80% da bolsa desempenho para militares da Paraíba

A proposta será encaminhada pelos representantes das associações às categorias e a expectativa do governo é que na próxima quinta-feira (6) seja realizada uma nova rodada de negociações para acertar os detalhes.

04/01/2022 17h43
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Após protestos, governador propõe reajuste de 10% e incorporação de 80% da bolsa desempenho para militares da Paraíba

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) propôs a incorporação de 80% da bolsa desempenho ao salário para policiais e bombeiros militares do Estado.

A decisão ocorreu em reunião com representantes das categorias nesta terça-feira (4), na Granja Santana, em João Pessoa, após protestos realizados por policiais que são contra a Lei de Proteção aos Militares, que foi aprovada pela Assembleia Legislativa da Paraíba. Conforme os militares, a nova lei vai provocar perdas financeiras no momento da aposentadoria dos agentes.

Além disso, eles ainda reivindicam aumento salarial, alegando defasagem e perda do valor de compra nos últimos anos.

Além da incorporação dos 80% da bolsa desempenho ao salário, também foi anunciado 10% de reajuste salarial com efeito imediato para todos os militares da Paraíba, beneficiando os servidores ativos e inativos. 

Um aumento de 100% no valor das horas extras para soldado, cabo e sargento em dias especiais (como Carnaval e Ano Novo), também foi proposto.

Foi prometido as categorias o encaminhamento à ALPB do detalhamento das promoções “para que não gere mais dúvidas” em relação à Lei de Proteção aos Militares. 

A proposta será encaminhada pelos representantes das associações às categorias e a expectativa do governo é que na próxima quinta-feira (6) seja realizada uma nova rodada de negociações para acertar os detalhes.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias