Sexta, 27 de Maio de 2022
83 9 9869-1587
Polícia Crime investigado

Travesti suspeita de matar motorista de aplicativo diz que mantinha relacionamento com a vítima e que crime teria sido motivado por ciúmes

Ewerton Albuquerque Cruz Medeiros tinha 25 anos e foi morto a golpes de faca enquanto trabalhava como motorista de aplicativo.

06/01/2022 13h18 Atualizada há 5 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Travesti suspeita de matar motorista de aplicativo diz que mantinha relacionamento com a vítima e que crime teria sido motivado por ciúmes

A travesti que está sendo apontada como suspeita de ter matado um motorista de aplicativo de 25 anos, crime ocorrido no dia 31 de dezembro, foi presa nessa quarta-feira (5) e confessou o crime.

Jessy Lima disse em depoimento que mantinha um relacionamento amoroso com o jovem e que o mesmo tinha ciúmes dela. 

Ainda em depoimento, a suspeita contou que conheceu a vítima pelo aplicativo de corridas e os dois começaram a se relacionar a cerca de três meses. Segundo ela, no dia do crime, os dois começaram a discutir dentro do carro e o jovem teria a agredido. Quando ela tentou sair do veículo, ele teria impedido e apontado uma faca para ela. Jessy contou que conseguiu tomar a faca dele e que para se defender, desferiu um golpe no motorista.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, a suspeita teria solicitado uma corrida pelo celular de um parente e durante o percurso, desferiu três golpes de faca no pescoço e nas costas da vítima, conforme a delegada Elizabeth Beckman explicou ao Notícia Paraíba.

Mesmo ferido, o Ewerton Albuquerque Cruz Medeiros conseguiu chegar em casa, informar a família que foi assaltado por uma travesti loira e pedir socorro ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ewerton foi socorrido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos e faleceu na madrugada do último (1º).

O marido da vítima, Emanuel de Castro, contesta o depoimento da suspeita e disse que a versão que ela contou à polícia é fantasiosa e ela está mentindo para se livrar do crime de latrocínio. “Eu tinha acesso ao celular dele, a todas as redes sociais dele. Estávamos juntos há mais de sete anos e essa história que ela criou é uma mentira sem tamanho e foi contada com o intuito de se livrar da acusação”, revelou o companheiro de Ewerton.

Jessy está presa na carceragem da Central de Polícia e deverá passar por audiência de custódia nesta quinta-feira.

O caso segue sendo investigado.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
João Pessoa - PB
Atualizado às 18h30 - Fonte: Climatempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 30°

25° Sensação
11 km/h Vento
94% Umidade do ar
90% (70mm) Chance de chuva
Amanhã (28/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 27°

Chuvoso
Domingo (29/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias