Quarta, 08 de Dezembro de 2021
83 9 9869-1587
Polícia Apreensão

Carga de quase dois mil quilos de carne de charque roubada por estelionatário é apreendida na Paraíba

De acordo com a Polícia Civil, os produtos foram roubados de um comerciante de Minas Gerais, por um estelionatário.

21/01/2021 11h07
Por: Redação Fonte: ClickPB
Carga de quase dois mil quilos de carne de charque roubada por estelionatário é apreendida na Paraíba

Uma carga de quase dois mi quilos de carne de charque foi apreendida nesta quarta-feira (20), nas cidades de Guarabira e São Miguel de Taipu, na Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, os produtos foram roubados de um comerciante de Minas Gerais, por um estelionatário. 

O homem morador de Campina Grande criou uma empresa fantasma e foi até Minas Gerais se oferecer para ser uma espécie de ‘revendedor’ da marca ‘2001’ aqui no Nordeste.  O estelionatário conseguiu convencer os representantes da empresa e  recebeu um grande volume do produto na Paraíba, fazendo um acordo de modo que o pagamento da remessa de carnes fosse realizado em um determinado prazo, porém não foi cumprido. 

O estelionatário vendeu as carnes em estabelecimentos comerciais de diversos municípios paraibanos e até de Pernambuco.

Durante a investigação, a Polícia Civil descobriu que o suspeito da fraude abriu sua empresa no endereço onde funciona uma igreja no bairro do Ligeiro, em Campina Grande. Os policiais visitaram vários estabelecimentos comerciais que adquiriram esses produtos e apreenderam a mercadoria, nesta quarta-feira (20).

Também está sendo investigado que o estelionatário agiu com ajuda de dois filhos. 

A carga apreendida foi devolvida ao proprietário, que enviou um representante legal para receber o produto.

O caso segue sendo investigado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias