Domingo, 26 de Junho de 2022
83 9 9869-1587
Esportes BRILHO PARAIBANO

Hulk brilha e com dois gols deixa Galo com um pé na final do Mineiro

Atacante fez os dois gols da vitória por 2 a 0 e se tornou artilheiro isolado do novo Mineirão

24/03/2022 06h03 Atualizada há 3 meses
Por: Amauri Aquino Fonte: Redação
Hulk comemora mais um gol pelo Atlético-MG - Foto: Pedro Souza / Atlético
Hulk comemora mais um gol pelo Atlético-MG - Foto: Pedro Souza / Atlético

Quem assistiu ao jogo dessa quarta-feira e o do último sábado, ambos contra a mesma Caldense, certamente ficou mais satisfeito com o desempenho do primeiro encontro. Mais triangulações, mais envolvimento. Convenhamos, o Atlético-MG que venceu por 2 a 0 e colocou um pé (e meio) na final do Campeonato Mineiro não fez lá uma atuação das mais inspiradas. Mesmo assim, venceu. E sobrou. E poderia ter goleado. Prova de que há um abismo técnico entre os rivais.

Diferentemente da forma acuada com a qual jogou no último fim de semana, desta vez a Caldense conseguiu incomodar um pouco mais no início do jogo. Méritos próprios, claro, e também demérito do Atlético, que jogava de forma mais lenta e cadenciada - muito por conta de uma atuação apagada de Nacho Fernández, o "cérebro" do time.

Mas mesmo no ritmo lento, o Galo era superior. Dominava, tinha a posse de bola, só não conseguia abafar o rival. E mesmo no cenário momentâneo de resistência da Caldense, o gol parecia questão de tempo. Ainda mais quando se tem em campo um jogador como Hulk. E ainda mais quando a sorte, que por tantos anos desdenhou do atleticano, não parece mais querer parar de sorrir.


Hulk agora é o maior artilheiro do novo Mineirão
Foto: Pedro Souza / Atlético

O passe de Réver para Hulk seria errado, mas foi desviado na direção do atacante. Se ele domina como gostaria, atrasaria a jogada. Acabou sobrando nos pés de Ademir, frente a frente com Renan Rinaldi. O atacante tentou o chute, mas, desequilibrado, facilitou a defesa do goleiro. Rebote onde? Nos pés do artilheiro, que ainda contou com uma ajudinha da trave antes de sorrir para as redes.

Lance com sorte e uma pitada de polêmica. A Caldense reclamou de impedimento no lance, que teria de ser assinalado no caso de toque na bola de Hulk antes de sobrar para Ademir. O VAR analisou o lance e não constatou o desvio do camisa 7. Gol validado.

VAR que voltaria a aparecer poucos minutos depois, quando Jonathan Costa derrubou Hulk dentro da área. Nova polêmica. O árbitro André Luiz Sketino foi ao monitor de vídeo e assinalou a penalidade. Super-herói na bola: gol do Galo.

Gol com sabor especial. Foi o 32º de Hulk no Mineirão, em apenas 24 jogos no estádio. Artilheiro isolado do principal templo do futebol mineiro desde a reinauguração pós-reforma para a Copa do Mundo, em 2013. O segundo tempo foi de um jogo mais morno, e deu a lógica: o time que dominou o Brasil em 2021 está com um pé e meio em sua 16ª final seguida de Campeonato Mineiro.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
João Pessoa - PB
Atualizado às 16h49 - Fonte: Climatempo
28°
Nuvens esparsas

Mín. 21° Máx. 30°

31° Sensação
20 km/h Vento
70% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (27/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 31°

Sol e Chuva
Terça (28/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias