Sábado, 21 de Maio de 2022
83 9 9869-1587
Esportes RECORDE MUNDIAL

Petrúcio Ferreira bate recorde durante Desafio CPB/CBAt

O recorde anterior também era dele. Em 2019, no Mundial de Dubai, o paraibano realizou a prova em 10s42

31/03/2022 13h29
Por: Amauri Aquino Fonte: CPB
Foto: Marcello Zambrana/CPB
Foto: Marcello Zambrana/CPB

O velocista paraibano Petrúcio Ferreira, 25, bateu o recorde mundial nos 100 m da classe T47 (atletas com deficiência nos membros superiores) durante o Desafio de atletismo CPB/CBAt. Na manhã desta quinta-feira, 31, o atleta fez o percurso em 10s29 na pista do Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. 

O recorde anterior também era dele. Em 2019, no Mundial de Dubai, o paraibano realizou a prova em 10s42. "Melhorar o tempo é sempre minha meta. Desde os Jogos de Tóquio 2020, nos quais conquistei a medalha de ouro e bati o recorde paralímpico da prova, eu não parei de treinar. Fiz todo o trabalho multidisciplinar para me manter em alto nível. Estou muito feliz com o resultado", disse Petrúcio, que participa do evento pelo clube Pinheiros, da capital paulista. 

Além de bater o seu próprio recorde mundial, o paraibano reforça o título de atleta paralímpico mais rápido do mundo, ou seja, o dono do melhor tempo nos 100 m, independentemente da classificação esportiva. Vale destacar que o tempo de 10s42 já o colocava neste posto. 


Petrúcio celebra recorde mundial no CT Paralímpico | Foto: Marcello Zambrana/CPB

O Desafio de atletismo CPB/CBAt é composto por provas de pista e campo, com disputas entre atletas com e sem deficiências. Em sua prova, Petrúcio chegou em primeiro lugar, inclusive superando esportistas olímpicos, como Derick Souza, também do Pinheiros e campeão mundial no revezamento 4 x 100 m. Derick terminou a disputa nesta quinta em 10s35. 

"Os atletas sem deficiência puxam a gente. Eu fico motivado para superá-los. No meu dicionário, não existem as palavras impossível e difícil. Só existe a frase: 'Eu posso, eu quero e eu consigo'. Depois deste tempo de 10s29, quem sabe eu consiga chegar à marca de 10s10? Não é uma promessa, mas tenho este desejo", concluiu o velocista, que, aos dois anos de idade, perdeu parte do braço esquerdo em um acidente com uma máquina de moer capim.

O Desafio CPB/CBAt começou nesta quinta-feira e termina no sábado, 2 de abril. O evento tem a finalidade de difundir e desenvolver a prática da modalidade entre atletas paralímpicos e olímpicos do país. Dirigido e organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), as competições serão divididas em sete etapas durante todo o ano de 2022.

Além de receber a primeira nesta semana, o CT Paralímpico também sediará em 21 de maio, em dezembro e uma terceira etapa, ainda sem data marcada. As outras ocorrerão em Fortaleza (setembro), Brasília (outubro) e Porto Alegre (novembro).

Assim como Petrúcio, outros medalhistas nos Jogos de Tóquio participaram ou vão participar do evento até o dia 2 de abril, como Alessandro Silva, Beth Gomes, Raíssa Machado, Julyana Silva, Vinícius Rodrigues, Thiago Paulino, Jerusa Geber, Washington Júnior, Mateus Evangelista, Thomaz Moraes, Ricardo Mendonça, entre outros. 


Foto: Marcello Zambrana/CPB

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
João Pessoa - PB
Atualizado às 10h05 - Fonte: Climatempo
27°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 29°

30° Sensação
15 km/h Vento
84% Umidade do ar
90% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (22/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Chuvoso
Segunda (23/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 28°

Chuvoso
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias