Sexta, 28 de Janeiro de 2022
83 9 9869-1587
Polícia Paraíba

Suspeito de furtar equipamentos de residência de casal que morreu no mesmo dia de Covid é preso, na Paraíba

José Carlos tinha 36 anos e Lívia Gonçalves tinha 35 anos. Eles eram empresários e faleceram no dia 22 de fevereiro, com um intervalo de 20 minutos de um óbito para o outro.

25/03/2021 13h06 Atualizada há 10 meses
Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba
Suspeito de furtar equipamentos de residência de casal que morreu no mesmo dia de Covid é preso, na Paraíba

O suspeito de ter furtado equipamentos da casa do casal que morreu por Covid-19 no mesmo dia, foi preso nesta terça-feira (23). 

José Carlos tinha 36 anos e Lívia Gonçalves tinha 35 anos. Eles eram empresários e faleceram no dia 22 de fevereiro, com um intervalo de 20 minutos de um óbito para o outro. Dois dias após a morte, a casa que eles moravam em Cajazeiras foi invadida e os criminosos levaram equipamentos automotivos e vários pertences da família. 

A prisão foi feita pela Polícia Civil de Cajazeiras e o suspeito que já estava sendo investigado, fazia parte de uma quadrilha especializada em furtos de artigos de luxo, como carros importados, quadriciclos e jet ski. 

Em depoimento à polícia, Michael Sales Medeiros, conhecido como "Nego" de 33 anos, disse que tinha visto o paredão ligado e ao saber da morte do casal, foi até o local com outro homem e como não tinha ninguém na residência, entraram. 

A polícia conseguiu recuperar cerca de 70% a 80% do material furtado. Além disso, dois carros foram apreendidos, sendo um de luxo. 

O suspeito foi levado à delegacia de Campina Grande. 

Notícia Paraíba

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias